Professores contratados temporariamente vão ajudar nas aulas remotas da rede municipal de Feira de Santana, diz vereador

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Luiz Augusto (Lulinha): é uma necessidade, tendo em vista o afastamento dos titulares, especialmente em razão de licenças, inclusive médica.
Luiz Augusto (Lulinha): é uma necessidade, tendo em vista o afastamento dos titulares, especialmente em razão de licenças, inclusive médica.

A contratação de 300 professores para atuar temporariamente na rede municipal de ensino proporcionará melhores condições para que a Secretaria de Educação da Prefeitura de Feira de Santana possa operacionalizar o novo formato de aulas, com tecnologia remota, neste período de pandemia de coronavírus, quando ainda não é possível a atividade presencial.

A explicação é do vereador Lulinha (DEM), líder da bancada governista na Câmara Municipal de Feira de Santana, que falou sobre o tema nesta quarta-feira (24/03/2021). “É uma necessidade, tendo em vista o afastamento dos titulares, especialmente em razão de licenças, inclusive médica”, justifica.

A contratação será feita por meio de Regime de Direito Administrativo Diferenciado (REDA), sob os critérios formais de seleção. De acordo com o vereador, esses contratados vão atender às 206 escolas pertencentes ao Município.  “Já estão iniciados os trâmites legais para a Secretaria poder contar com este reforço”, diz ele.

Para o vereador, não há qualquer prejuízo aos professores concursados que aguardam nomeação, uma vez que, no caso deles, as vagas precisam ser definitivas. O Governo Municipal, assinala, convocou do concurso anterior 974 professores, dos quais 930 foram nomeados. Lulinha lembra que o prazo de validade do certame está prorrogado e apenas vence em 2022.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113732 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]