Morre ex-deputado e dirigente do PCdoB da Bahia Haroldo Lima vítima da Covid-19

Haroldo Borges Rodrigues Lima nasceu em 7 de outubro de 1939 em Caetité, Bahia e faleceu aos 81 anos.
Haroldo Borges Rodrigues Lima nasceu em 7 de outubro de 1939 em Caetité, Bahia e faleceu aos 81 anos.

O ex-deputado federal e dirigente do PCdoB da Bahia Haroldo Lima morreu na madrugada desta quarta-feira (24/03/2021) vítima da Covid-19. Em nota, Davidson de Magalhães Santos, presidente estadual da legenda, registou pesar.

Nota de pesar do presidente do PCdoB

Com muita dor, comunicamos o falecimento do histórico dirigente do PCdoB Haroldo Lima, mais uma vítima da Covid-19, na madrugada do dia 24 de março.

Haroldo lutou bravamente por longos dias contra a doença, mas não resistiu às complicações provocadas pelo novo coronavírus.

Lamentamos profundamente a irreparável perda de um dos mais destacados quadros nacionais do PCdoB nas últimas décadas e prestamos irrestrita solidariedade aos familiares, aos amigos e aos militantes neste momento de dor.

O exemplo de abnegação, de coragem, de firmeza, daquele que dedicou a vida à luta em defesa da democracia e da liberdade, e pela construção de uma sociedade mais justa e fraterna, é o legado que Haroldo Lima deixa para a geração que prosseguirá a luta pelo socialismo.

Davidson Magalhães, presidente Estadual do PCdoB

Secretário estadual Walter Pinheiro manifesta consternação

“Líder aguerrido, com elevado espírito público e comprometimento com as causas sociais: características que marcaram a história de vida do companheiro Haroldo Lima. Sua partida deixa uma profunda lacuna, porém a luta que Haroldo empreendeu continua, pois seu legado de vida permanecerá para sempre. Nossas condolências a todos os familiares e amigos”.

Walter Pinheiro, secretário estadual do Planejamento da Bahia

Salvador, 24 de Março de 2021

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109913 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]