Missa na Basílica Santuário Senhor do Bonfim celebra os 472 anos de Salvador

Por conta das medidas de isolamento social contra a Covid-19, o ato não foi aberto ao público, mas pôde ser acompanhado virtualmente através de transmissão realizada pelo Web TV.
Por conta das medidas de isolamento social contra a Covid-19, o ato não foi aberto ao público, mas pôde ser acompanhado virtualmente através de transmissão realizada pelo Web TV.

Um dos principais símbolos e palcos de fé de Salvador, a Basílica Santuário Senhor do Bonfim recebeu, na manhã desta segunda-feira (29/03/2021), uma missa de ação de graças pelos 472 anos de fundação da capital baiana. A solenidade foi presidida pelo padre Edson Menezes, reitor do templo, e contou com as presenças do prefeito Bruno Reis e da vice-prefeita e secretária de Governo (SEGOV), Ana Paula Matos, entre outras autoridades.

Por conta das medidas de isolamento social contra a Covid-19, o ato não foi aberto ao público, mas pôde ser acompanhado virtualmente através de transmissão realizada pelo Web TV e redes sociais do santuário. A missa foi marcada por momentos de louvor, comunhão e preces.

Além de trazer uma palavra de conforto e reflexão, o padre Edson também rezou ao Senhor do Bonfim pedindo pela contenção da Covid-19 e bênção a todos os trabalhadores da saúde e soteropolitanos em geral. O pároco lembrou que normalmente, em um dia como o de hoje, Salvador estaria em polvorosa, recebendo atividades festivas, culturais e religiosas. Mas com a pandemia ainda em curso, as medidas de restrição para conter a disseminação do vírus devem continuar sendo seguidas.

O padre Edson também convidou a todos a rogar, diante de Jesus crucificado, pelo perdão dos próprios pecados, lembrando ainda sobre a importância da Semana Santa e das reflexões que a crise sanitária mundial tem trazido. Ele ressaltou que cada um de nós deve aprender com a situação e procurar mudar as próprias condutas.

“A pandemia tem nos ensinado a ver a vida de outras maneiras. Então, como nós temos levado a vida? Quais os sentimentos que cultivamos no coração? Quais propósitos fazemos? Qual a qualidade da nossa relação com o outro, com Deus? Cultivamos preconceitos, praticamos intolerâncias, guardamos rancor, raiva no nosso coração? O que estamos aprendendo de tudo que está acontecendo? ”, meditou.

Gestão da cidade

Na homilia, o sacerdote proclamou o capítulo 12 do Evangelho de João e aproveitou a ocasião para dirigir uma palavra de encorajamento ao prefeito Bruno Reis na condução das políticas de enfrentamento ao coronavírus.

“Aqui estamos para rezar pelas autoridades e pelo nosso prefeito que tem que tomar decisões corajosas, providências e conduzir um processo que é muito exigente e que às vezes não agrada a todos. Que nesta Santa Missa, você (Bruno Reis) possa sair fortalecido, corajoso e continuar cumprindo essa missão árdua. Quando Deus nos confia uma missão, Ele nos prepara e nos dá condição necessária”, pregou.

A missa de ação de graças no Bonfim também contou com a celebração da Eucaristia e foi encerrada com o cântico de parabéns para comemorar os 472 anos da primeira capital do Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109707 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]