Festival de Artes de Alagoinhas conta com Jean Wyllys, Hiran, Onisajé, grupo Nata e Márcia Short

Cartaz anuncia IV Festival de Artes de Alagoinhas.
Cartaz anuncia IV Festival de Artes de Alagoinhas.

O Festival de Artes de Alagoinhas chega a sua 4ª edição consolidando-se como um dos mais importantes eventos do território Litoral Norte e Agreste Baiano. Este ano, os artistas alagoinhenses são os grandes protagonistas do festival, que conta com extensa programação de shows, espetáculos teatrais, mostra de vídeo, intervenção urbana, exposição virtual, oficinas artísticas, além de uma entrevista pública com o jornalista e escritor Jean Wyllys e a dramaturga e diretora de teatro negro de Candomblé Onisajé. O encontro desses dois grandes expoentes do cenário cultural alagoinhense, que acontecerá no dia 04 de abril, terá ainda show do rapper Hiran, principal nome da nova geração de artistas da cidade. A única convidada de fora a participar dessa festa das artes alagoinhense é a cantora Márcia Short que se apresenta no dia 28 de março. O festival acontece de 22 de março a 04 de abril, inteiramente online e gratuito, com transmissões no canal Festival de Artes de Alagoinhas (FESTA) no Youtube. Confira a programação completa aqui.

“Ao mesmo tempo que a pandemia nos super conectou globalmente, ela também voltou os nossos olhares para as nossas aldeias, os nossos pares, a nossa família. Por isso, o IV FESTA faz essa homenagem aos nossos artistas, mostrando a potência que é o cenário artístico de Alagoinhas”, explica o ator e produtor do festival, Nando Zâmbia. A programação conta ainda com outros alagoinhenses como as bandas Sangue Real e Dendê Jazz, a atriz Fabíola Nansurê, a cantora Caffé Pitta, o cantor Di Freitas, os atores Luiz Antônio Sena Jr e Anderson Danttas, dentre outros. “Além disso, dar espaço e visibilidade aos produtos artísticos e narrativas de artistas negros, feministas, LGBTQI+ e periféricos está no DNA do festival e a nossa curadoria passa por isso também”, conclui Zâmbia.

O Festival de Artes de Alagoinhas (FESTA) tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Festival de Artes de Alagoinhas (FESTA)

Surgiu em 2016, como um festival de teatro dentro da programação da Semana de Arte e Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano, território no qual o município de Alagoinhas está inserido. O evento ganhou pujança em sua segunda edição, em 2017, quando ultrapassou os limites da Semana de Arte e criou agenda própria não apenas com espetáculos teatrais, mas também shows, performances, saraus, oficinas e exposições. Em 2018, o Festival passou a pensar estratégias de intervenções na cidade, rompendo os muros do Centro de Cultura de Alagoinhas para ocupar também a Escola Modelo Luís Eduardo Magalhães e o Teatro da Praça do CEU. Nas três primeiras edições do FESTA, já passaram pelos palcos da cidade 12 espetáculos baianos e um moçambicano, além de 11 shows, mostra de cinema, seis oficinas e performances, dois saraus, duas entrevistas públicas. Em 2021, consolida-se como um dos festivais mais importantes do território Litoral Norte e Agreste Baiano.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110917 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]