Feira de Santana: Projeto ‘Circo Sonoro’ reúne jovens artistas circenses do NUCCA e o multi-instrumentista Zé das Congas

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Cartaz anuncia Projeto 'Circo Sonoro'.
Cartaz anuncia Projeto 'Circo Sonoro'.

O Projeto ‘Circo Sonoro’, selecionado através da Lei Aldir Blanc promoverá ações formativas, por meio de Oficinas de Experimentação Musical e Práticas Circenses com Malabares e Equilíbrio que será ministrada pelos artistas arte-educadores do Grupo NUCCA – Núcleo de Artistas Circenses e a parte musical ministrada pelo Mestre Zé das Congas, profissional que reúne longos anos de experiência em práticas musicais, através da percussão com utilização de materiais recicláveis.

A primeira atividade do Projeto, as Oficinas de Experimentação Musical e Práticas Circenses com Malabares e Equilíbrio serão realizadas, através de vídeo aulas de Circo e Música. As vídeo-aulas de Circo irão proporcionar aos participantes o contato com malabarismos e equilibrismo de forma divertida a partir da confecção de materiais que podemos ter em nossa própria casa. No vídeo-aula de Música a proposta é desenvolver os sons presentes no corpo e no ambiente, além da demonstração da atividade de construção de instrumentos de percussão a partir de materiais reciclados, técnica desenvolvida pelo Mestre da cultura popular Zé das Congas que traz de forma singular a possibilidade de transformar o que seria lixo em arte.  As oficinas serão gratuitas e as inscrições podem ser feitas pela internet no período de 15 a 18/03/2021, através de formulário específico no Google com limite de vagas de até 25 (vinte e cinco) pessoas, tendo como público alvo crianças e jovens entre 09 a 18 anos e crianças menores a partir de 05 anos acompanhadas dos responsáveis e demais interessados, mediante a disponibilidade de vagas. As oficinas serão realizadas no dia 19 de março a partir das 14h30 através do Google Meet.

O Projeto prevê ainda como resultado a realização do espetáculo “Circo Sonoro – Misturaê” que será construído a partir das oficinas e troca de experiências, unindo as duas linguagens, o Circo e a Música.  O espetáculo será apresentado pelos artistas do Grupo NUCCA, envolvendo técnicas de malabares, equilíbrio em perna de pau e acrobacias, com trilha musical original concebida e assinada pelo Mestre em sons e ritmos, Zé das Congas, um artista nato que busca extrair sons no cotidiano com elementos simples e até improváveis, mas que produzem uma sonoridade incrível, o ponto chave do seu trabalho. O Grupo NUCCA é formado por jovens multiplicadores da arte circense em Feira de Santana – BA com idade entre 18 e 24 anos e que vem estudando e desenvolvendo as suas práticas no circo desde os 12 anos de idade, através do Ponto de Cultura – Cultura Mais Circo.  Esse encontro entre os jovens artistas do NUCCA e o seu professor e Mestre Zé das Congas tem como propósito a produção autoral de um espetáculo que traz a mistura como base para a compreensão da diversidade, um trabalho com grande potencial que vem revelar e valorizar os artistas de Feira de Santana. A apresentação do espetáculo “Circo Sonoro – Misturaê”, marcando a culminância do Projeto, será realizada de forma virtual em uma data muito especial, dia 27 de março (Dia Mundial do Teatro e do Circo), às 17h, com transmissão pelo Facebook Vivi Braz e publicado posteriormente na página do N.U.C.A no Instagram.

O Projeto tem apoio financeiro da Prefeitura de Feira de Santana através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer via Lei Aldir Blanc, direcionado pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113808 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]