Em 1ª coletiva, Joe Biden foca em vacinas, explica afluxo de migrantes e se projeta em 2024

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Joe Biden, presidente dos EUA.
Joe Biden, presidente dos EUA.

O presidente estadunidense Joe Biden anunciou nesta quinta-feira (25/03/2021) que dobraria sua meta de vacinação contra a Covid-19 para os primeiros 100 dias de seu governo durante sua primeira entrevista coletiva na Casa Branca. Biden considerou ainda concorrer à sua sucessão, em 2024, e também detalhou sua posição sobre o fluxo de migrantes na fronteira sul dos Estados Unidos.

A Covid-19 foi a prioridade máxima e o tema inicial abordado por Joe Biden em sua primeira entrevista coletiva desde sua chegada à Casa Branca, há 58 dias. “Estou aqui para consertar as coisas”, disse o presidente norte-americano. No dia seguinte à sua eleição, ele prometeu 100 milhões de injeções nos primeiros 100 dias no cargo. A meta já foi quase alcançada.

Então, Biden determinou uma nova meta: 200 milhões de doses de vacina durante seus primeiros 100 dias no cargo, e a esperança de reabrir todas as escolas até então.

Mas os jornalistas lhe perguntaram sobretudo sobre a crise migratória na fronteira mexicana: os centros de detenção estão superlotados, principalmente com menores migrantes. Nesta semana, imagens de crianças trancadas dormindo em colchões vazaram para a imprensa, relembrando os anos de Trump.

Biden colocou a situação em perspectiva, e ainda se recusa a falar em crise nesse período. “Acontece todos os anos”, disse ele.

Quando questionado por um repórter se o afluxo de migrantes foi causado por seus anúncios de regularizações em massa, Biden se recusou a assumir a responsabilidade pela onda de migrantes. “Eles não vêm aqui porque me acham um cara legal”, disse ele. “Não é bem assim.”

Candidato em 2024?

Sobre sua candidatura para a próxima eleição presidencial em 2024, a resposta é sim, diz Biden. “Pretendo me candidatar à reeleição em 2024. Mas cuidado, este também não é um anúncio oficial de candidatura”, declarou durante a coletiva.

“Eu espero”, Biden diz incerto, “mas não estou acostumado a prever as coisas com 3 ou 4 anos de antecedência”. Biden teria então mais de 80 anos. E se ele se apresentar para uma eventual reeleição, será sempre com a vice-presidente Kamala Harris ao seu lado. “Ela está fazendo um ótimo trabalho, ela é uma ótima parceira”, atestou Biden.

*Com informações da RFI.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121606 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.