Conceito pedagógico e modernidade ganham forma no novo Complexo Educacional de Feira de Santana, diz Governo Colbert Martins

Segue em andamento a construção do edifício garagem, que terá sete andares, e a sede da secretaria. Estes ainda estão na fase de fundação.
Segue em andamento a construção do edifício garagem, que terá sete andares, e a sede da secretaria. Estes ainda estão na fase de fundação.

Chama a atenção de quem passa no cruzamento das Avenidas Visconde do Rio Branco e Professor Geminiano Costa, a estrutura do novo complexo educacional da Prefeitura de Feira de Santana. A obra pujante e arrojada fica no centro da cidade. As cores branca e azul deram vida ao equipamento construído no antigo Feira Tênis Clube (Fetêce).

Estão concluídos o Centro Interprofissional de Atendimento Educacional (InterEduc) e o Ginásio de Esportes Péricles Valadares, ambos equipamentos ligados à Secretaria Municipal de Educação (SEDUC). Nessa área seguem em andamento a construção do edifício garagem, que terá sete andares, e a sede da secretaria. Estes ainda estão na fase de fundação, informou Governo Colbert Martins.

Estudantes com vários tipos de deficiências e dificuldades de aprendizagem vão ter novos espaços – modernos e adequados – para a realização de atividades que facilitam a aprendizagem.

Os investimentos da administração municipal priorizam garantir ao novo complexo o funcionamento adequado, compatível com legislação atual no âmbito da Educação Inclusiva, afirma a secretária de Educação, Anaci Paim. “O prédio não será moderno apenas no aspecto arquitetônico, mas também funcional e no âmbito da pedagogia, oferecendo acessibilidade e as melhores condições de aprendizagem aos alunos”, defende.

Espaços adaptados

No complexo educacional, ainda é possível sentir o cheiro de tinta. E no local, a acessibilidade é garantida. O equipamento possui rampas, piso tátil e banheiros adaptados. O paisagismo, iluminação, sistema de prevenção e combate a incêndios também foi concluído.

Entre os espaços implantados estão salas de música, artes, sensorial, e de atendimento psicológico e psicopedagógico, brinquedoteca, para fonoaudiologia, salas para estudantes com deficiência visual, produção em braile, acompanhamento aos estudantes com surdes, incluindo o ensino de libras, espaço AVP (Atividades de Vida Prática), auditório, cozinha, vestiários e uma quadra poliesportiva.

Ainda dispõe do Centro de Pesquisa da História de Feira de Santana, com o objetivo de reunir no mesmo espaço obras de autores feirenses ou escritas sobre o município.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109914 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]