Boa expectativa marca retomada no ano letivo em Feira de Santana; Modelo não presencial é apresentado aos estudantes

Aula inaugural marcou a retomada do ano letivo 2020-2021.
Aula inaugural marcou a retomada do ano letivo 2020-2021.

Um misto entre ansiedade e grande expectativa marcou a retomada pedagógica do ano letivo de 2020 esta segunda-feira (29/03/2021), para os estudantes da Rede Municipal de Educação. Uma aula inaugural foi transmitida pelo canal da Secretaria de Educação no YouTube, com uma série de orientações para a realizações de atividades não presenciais. Até o fechamento desta matéria, a live já contava com mais de 32 mil visualizações.

O prefeito Colbert Martins destacou que é fundamental que a família participe desta etapa. “Desejo que todos possam se adaptar a esta nova forma de aprender, um formato que vamos aprimorando pouco a pouco, tentando vencer as dificuldades enfrentadas por conta do momento”, observou. Colbert lembrou que a “formação continua tendo um valor inestimável para todos”.

“Já contamos neste primeiro dia com uma receptividade muito grande, revelando o interesse significativo dos alunos e das famílias. Nestes primeiros três dias – até quarta-feira, 31 – vamos dar as orientações gerais à comunidade escolar que envolve aspectos de interesse de todos os estudantes da Rede”, destacou a secretária de Educação, professora Anaci Paim.

Modelo não presencial é apresentado aos estudantes

Foi uma aula dinâmica, com a participação da equipe pedagógica, do Núcleo de Tecnologias da Educação da SEDUc e também dos professores e gestores escolares que acompanharam, da sua própria escola ou mesmo de casa, a transmissão da aula inaugural de retomada do ano letivo 2020 para os estudantes da Rede Municipal de Educação.

A transmissão foi feita do Centro de Cultura Maestro Miro, onde a Secretaria de Educação montou um estúdio para transmissão e gravação das aulas.

Durante a transmissão, a Secretaria de Educação apresentou a proposta da retomada – é focada no modelo não presencial, com 127 dias letivos e o cumprimento de 800 horas de atividades escolares.

Vídeos e a explanação dos professores orientaram os estudantes que devem estar atentos às aulas transmitidas pelo canal no YouTube e às atividades propostas pelos professores em outras plataformas.

Quem tiver dificuldade de acesso à internet contará com as orientações dos professores, o uso de atividades impressas e em breve poderá consultar as salas digitais que serão montadas nas escolas. Elas serão adaptadas ao protocolo de biossegurança para prevenção à Covid-19.

“Achei muito interessante principalmente pelas novas experiências que vamos ter – eu e meus colegas”, avaliou Rodrigo Samuel Santana de Oliveira, do 5º ano da Escola Municipal Padre Giovanni Ciresola, que é localizada no bairro Parque Ipê. Ele disse que não enfrentou nenhum tipo de dificuldade, pois “já está acostumado a usar as tecnologias”.

A professora Georgia Luísa Seixas Fernandes disse que o momento é “desafiador”. “Mas essa retomada está nos mostrando também como o acesso às diversas ferramentas de aprendizagem aponta para um novo caminho”. Na visão da professora, este novo formato vai permanecer até quando as aulas retornarem ao modelo físico. “O quanto antes nos adaptarmos a estas novas ferramentas digitais vamos ganhar um diferencial em nossas vidas”, aponta.

O novo formato de aprendizagem, as plataformas digitais e novos caminhos para a escola são os principais tópicos da programação que segue até esta quarta-feira. A partir da próxima segunda-feira, 5, as aulas começam a abordar os conteúdos curriculares de cada segmento.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108790 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]