Vereador Jhonatas Monteiro questiona secretária da Educação sobre retomada das aulas na Rede Municipal de Feira de Santana

Jhonatas Monteiro (Rasta): como serão garantidas as condições para a retomada das atividades pedagógicas, em vista de que a viabilidade das aulas remotas depende de um conjunto de fatores.
Jhonatas Monteiro (Rasta): como serão garantidas as condições para a retomada das atividades pedagógicas, em vista de que a viabilidade das aulas remotas depende de um conjunto de fatores.

O possível retorno às aulas na rede municipal de ensino está causando preocupação ao vereador Professor Jhonatas Monteiro (PSOL), quanto a forma como a Secretaria de Educação do Município vai operacionaliza-las. Ele faz questionamentos à titular da pasta, Anaci Paim. Quer saber, por exemplo, como serão garantidas as condições para a retomada das atividades pedagógicas, em vista de que a viabilidade das aulas remotas depende de um conjunto de fatores – acesso dos alunos aos equipamentos necessários e conexão à internet, “o que não é realidade em grande parte do município, principalmente nas áreas periféricas e rurais”. Também pergunta como vai se dar a formação dos (e das) profissionais de educação, estudantes e familiares para utilização da modalidade de ensino remoto, bem como o diálogo a ser mantido com a APLB e com o Conselho Municipal de Educação.

A atenção às crianças dos grupos 02 e 03 da educação infantil e a carga horária de trabalho dos professores, são outros esclarecimentos solicitados. Por fim, o vereador indaga à secretária em relação ao acesso à merenda escolar (ou auxílio equivalente) aos alunos e o seu calendário de vacinação. Tudo isto consta de um requerimento que Jhonatas apresentou na Câmara. Governistas sugeriram que ele pedisse adiamento por alguns dias, o que não foi acatado. A proposta foi rejeitada pela maioria do plenário – votaram favorável os vereadores Professor Ivamberg (PT), Pedro Cícero (Cidadania), Jurandy Carvalho (PL), Emerson Minho (DC) e Sílvio Dias (PT).

Secretária descarta aulas com todas as crianças presentes nas escolas

A secretária municipal de Educação, Anaci Paim, descarta a possibilidade de reiniciar aulas presenciais, com todas as crianças presentes nas escolas, enquanto a população não estiver vacinada contra a Covid-19, informa o vereador Edvaldo Lima (MDB).

Ele pediu uma reunião com a experiente educadora (ex-secretária estadual de Educação e reitora da Universidade Estadual de Feira de Santana) para propor que as escolas sejam reabertas, mesma que parcialmente. “Os pais e mães não tem onde deixar seus filhos, para ir trabalhar”, pondera. Ele disse que tem quatro netas, “presas em casa”, estudando à distância, “mas, como todas as crianças e adolescentes”, desejam retomar o contato presencial com os colegas. Edvaldo está confiante em uma solução: “A secretária está consciente da gravidade da situação, sabe que as aulas estão suspensas há um ano na rede pública e está buscando uma saída”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110959 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]