Senador Rodrigo Pacheco defende diálogo e criação de mecanismos de amparo social

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Com 57 votos, Rodrigo Pacheco é o novo presidente do Senado. Simone Tebet recebeu 21 votos.
Com 57 votos, Rodrigo Pacheco é o novo presidente do Senado. Simone Tebet recebeu 21 votos.

Em pronunciamento após sua eleição para a Presidência do Senado nesta segunda-feira (01/02/2021), o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) defendeu o diálogo com todas as correntes partidárias, enalteceu o trabalho da imprensa e apoiou a criação de mecanismos sociais de amparo aos estratos mais vulneráveis da sociedade.

Rodrigo Pacheco comprometeu-se a debater com o Executivo — e a equipe econômica — a adoção de caminhos que garantam o ajuste fiscal, mas sem deixar de assistir os mais necessitados.

O parlamentar, que irá presidir o Senado no biênio 2021-2023, disse que o crescimento da economia e a geração de renda virá a partir da pauta das reformas que já se encontram em tramitação nas duas Casas do Congresso.

Entre elas está a reforma tributária, que propõe uma nova forma de arrecadação de tributos, e a reforma administrativa, “que corrige distorções, mas sem demonizar o servidor público”, afirmou.

Rodrigo Pacheco também defendeu a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial, que cria mecanismos de ajuste fiscal, assim como a PEC de revisão dos fundos públicos, que prevê a alocação de recursos para o pagamento da dívida pública, e a PEC do Pacto Federativo, que dá mais autonomia a estados e municípios.

— São inúmeras as propostas que temos, e que têm que ser pautadas para entregar à sociedade brasileira os pilares do crescimento econômico. Tudo será feito com respeito aos demais Poderes. Temos a obrigação de conduzir de maneira democrática e respeitosa as divergências, buscando os consensos — ressaltou.

Rodrigo Pacheco informou que o Senado reúne-se nesta terça (2) para a eleição dos demais integrantes da Mesa do Senado. Na quarta (3), haverá a abertura do ano legislativo. Na quinta (4), os senadores irão analisar duas medidas provisórias (MPs) que se encontram pendentes de deliberação na Casa.

— Haverá muito trabalho, diálogo e pacificação, que é próprio de minha personalidade. Se Deus quiser, vamos conduzir o Brasil para sair dessa crise atualmente — concluiu.

*Com informações da Agência Senado.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113552 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]