Prefeitura de Feira de Santana cria grupo de secretários para discutir problemas do Shopping Popular, diz vereador

Luiz Ferreira (Luiz da Feira): há camelôs com mais de 15 dias sem vender nada e com as coisas que comercializam guardadas no porão.
Luiz Ferreira (Luiz da Feira): há camelôs com mais de 15 dias sem vender nada e com as coisas que comercializam guardadas no porão.

Uma comissão formada por secretários municipais está avaliando problemas relativos ao Centro Comercial Popular (Shopping Popular) e que preocupam os camelôs ali estabelecidos, após serem retirados das ruas. A informação é do vereador Luiz da Feira (PROS), que manteve contato na terça-feira (09/02/2021) com estes representantes da Prefeitura, em uma reunião no CEAF.

Três vendedores que o acompanharam no encontro, segundo ele, chegaram a derramar lágrimas diante dos relatos das dificuldades enfrentadas. Um deles, com 25 anos de trabalho, não pôde permanecer no Shopping Popular porque não tem condições de pagar as taxas de condomínio. “O empresário Elias Tergilene (gestor do empreendimento) lhe tirou todas as suas mercadorias e até trocou a fechadura (do boxe) ”, reclama. Segundo o vereador, há camelôs com mais de 15 dias “sem vender nada e com as coisas que comercializam guardadas no porão”. Luiz da Feira espera que a comissão resolva as demandas. Participaram da reunião, representando o grupo de trabalho do Governo, os secretários Moacir Lima, de Prevenção à Violência; Carlos Brito, de Planejamento, e Joedilson Freitas, de Relações Interinstitucionais.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111021 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]