Ouvidoria da Câmara Municipal de Salvador cobra esclarecimentos sobre distorções do IPTU

Documento foi entregue ao ouvidor-geral e vereador, Augusto Vasconcelos, com mais de 1.200 assinaturas de cidadãos que reclamam das distorções nos valores cobrados do imposto e também da taxa de resíduos sólidos.
Documento foi entregue ao ouvidor-geral e vereador, Augusto Vasconcelos, com mais de 1.200 assinaturas de cidadãos que reclamam das distorções nos valores cobrados do imposto e também da taxa de resíduos sólidos.

A Ouvidoria da Câmara Municipal de Salvador (CMS) deu entrada em um pedido de esclarecimentos na Secretaria da Fazenda do Município a respeito do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e da Taxa de Resíduos Sólidos (TRSD) de Salvador. O pedido foi motivado pelo documento entregue ao ouvidor-geral da CMS, o vereador Augusto Vasconcelos, com mais de 1.200 assinaturas de cidadãos e cidadãs que reclamam das distorções nos valores cobrados do imposto e também da taxa de resíduos sólidos.

“É um pleito de moradores de diversas regiões da capital. A distorção é tão grande, que existem casos de pessoas que moram no mesmo condomínio e pagam valores absurdamente distintos. Estive em reunião com eles nesta semana e me comprometi em averiguar esta situação. Assim estamos fazendo. A nossa luta é para que a isonomia seja feita sem aumentos do tributo”, pontuou Augusto.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106733 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]