ONU marca 10º aniversário do Dia Mundial do Rádio

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Comemorações destacam capacidade de adaptação do veículo de comunicação que chega a mais de 70% da população mundial.
Comemorações destacam capacidade de adaptação do veículo de comunicação que chega a mais de 70% da população mundial.

As Nações Unidas marcam no último sábado (13/02/2021) o 10º aniversário do Dia Mundial do Rádio e os 110 anos deste meio de comunicação.

O lema das comemorações é “Novo Mundo, Novo Rádio”, fazendo uma homenagem à capacidade de adaptação perpétua do meio, ao ritmo de transformações sociais e novas necessidades dos ouvintes.

Importância

A data celebra o rádio como parte da história da humanidade, acompanhando os vários desenvolvimentos na sociedade e adaptando seus serviços.

Conforme o mundo muda, a rádio também muda. Durante a pandemia de Covid-19, o rádio possibilitou, por exemplo, garantir a continuidade do aprendizado e combater a desinformação.

Acessível em qualquer lugar e a qualquer hora, o rádio atinge um amplo público. Dados da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, indicam que o veículo chega a mais de 75% da população em países em desenvolvimento.

Segundo a agência, o rádio “apresenta-se como uma arena onde todas as vozes podem ser expressas, representadas e ouvidas, por isso o rádio ainda é o meio mais consumido em todo o mundo hoje. ”

Em mensagem sobre o dia, a diretora-geral da Unesco, Audrey Azoulay, disse que “mais do que nunca, o mundo precisa desse meio humanista universal, vetor de liberdade. ”

Segundo ela, sem o rádio, “o direito à informação e à liberdade de expressão e, com eles, as liberdades fundamentais seriam fragilizadas, assim como a diversidade cultural, já que as rádios comunitárias são as vozes dos que não têm voz. “

Evolução, inovação e conexão

Para marcar a data, a Unesco convida estações de rádio de todo o mundo a celebrar três subtemas: evolução, inovação e conexão.

O subtema da evolução se refere à resiliência do meio, que seguiu as mudanças do mundo por mais de um século, evoluindo com ele. Transmissões em direto marcaram uma era, vozes e música acompanharam o dia a dia de todos e debates abriram mentes.

Sobre inovação, a Unesco diz que o mundo muda e o rádio se adapta e inova. O rádio teve que se adaptar às novas tecnologias para permanecer o meio de mobilidade preferido, acessível em qualquer lugar e para todos.

Considerando que o rádio de ontem era simplesmente um transistor em nossas mesas de cozinha, hoje em dia o progresso tecnológico e a digitalização tornaram possível a adaptação a novos comportamentos e estilos de vida.

Já o subtema da conexão destaca os serviços que o rádio presta à sociedade, durante desastres naturais, socioeconômicas crises, epidemias, entre outros. Não importa o evento, o rádio faz anúncios de serviço público, alertas e transmissões, serviços e soluções para melhor atender às necessidades dos ouvintes.

Celebração

O Dia Mundial da Rádio foi proclamado pela Organização das Nações para a Educação, Ciência e Cultura, Unesco, em 2011.

No ano seguinte, a data foi adotada para celebração internacional pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113718 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]