Governador Rui Costa alerta para lotação de 80% de leitos de UTI com pacientes que convalescem da Covid-19, informa mudança do horário do ‘Toque de Recolher’ e comenta sobre possível colapso do sistema de saúde

Governador Rui Costa alerta para lotação de leitos de UTI e mudança do horário do ‘Toque de Recolher’. "Estamos vivendo um momento extremamente grave e conto com a compreensão de todos", diz.
Governador Rui Costa alerta para lotação de leitos de UTI e mudança do horário do ‘Toque de Recolher’. "Estamos vivendo um momento extremamente grave e conto com a compreensão de todos", diz.

Em nota publicada neste domingo (21/02/2021) na página pessoal do Twitter, o governador Rui Costa alertou a população para manter as medidas sanitárias de controle da pandemia, informando que 80% dos leitos de UTI das unidades hospitalares do estado da Bahia estão ocupadas por pacientes que convalescem da Covid-19. Ele informou, também, sobre a ampliação do horário e regiões afetadas pelo decreto que determina o ‘Toque de Recolher’ e alertou para possível colapso do sistema de saúde.

“Infelizmente, alcançamos a marca de 80% de ocupação dos leitos de UTI na #Bahia e a consequência será a ampliação do horário do toque de recolher. A partir desta segunda-feira, dia 22, a restrição será das 20h às 5h. A região Oeste será a única exceção na atualização do decreto”, diz Rui Costa.

Segundo o governador, “o atendimento presencial em bares e restaurantes será até 18 horas. O funcionamento do transporte metropolitano até 20h30. Delivery de alimentos até 23 h. Medidas visam conter avanço do coronavírus”.

“Estamos vivendo o pior momento da pandemia e precisamos fortalecer o compromisso com a vida. Nosso estado está à beira do colapso do sistema de saúde e, enquanto a vacina não chega pra todo mundo, apelo que evitem aglomeração e usem máscara ao sair. Salve vidas!”, concluiu.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9140 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).