Conab cria ferramenta que facilita comercialização de insumos agropecuários

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Infográfico apresenta dados do ‘Leilão pra Você’, instituído pela CONAB para produtores rurais.
Infográfico apresenta dados do ‘Leilão pra Você’, instituído pela CONAB para produtores rurais.

As pessoas que trabalham no campo têm mais uma oportunidade para comprar e vender mercadorias. Isso porque a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) lançou o Leilão pra Você. Trata-se de uma ferramenta que facilita a comercialização de insumos e serviços agropecuários.

O superintendente de Operações Comerciais, Rogério Gonçalves, afirma que o Leilão pra Você pode ser acessado de forma gratuita por quem utiliza o sistema da companhia. Além disso, segundo ele, o acesso pode ser feito por qualquer entidade pública, pessoa física ou jurídica.

“A única diferença que existe é que, quando for algum órgão público, vamos firmar um acordo de cooperação técnica, justamente para dar maior transparência no uso do recurso público. Agora, entre pessoas físicas e jurídicas, não tem diferença. O tratamento é o mesmo”, explica.

“Quando a pessoa utiliza o Leilão pra Você, ela tem acesso a uma rede de profissionais que conhecem o mercado do agronegócio e conhecem os tipos de comercialização, o que facilita muito a vida dos envolvidos na negociação”, complementa Gonçalves.

Na avaliação do presidente da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), Itamar Canossa, a ferramenta é útil para o setor e tem contribuído para atender às necessidades dos produtores, sobretudo quanto à disponibilidade de itens para comercialização, como por exemplo o milho.

“Não é só ter um preço acessível, tem que haver a disponibilidade desse produto. E, lógico, no segundo plano o produtor deve saber qual é o custo da produção, já que ele vai saber o valor que vai pagar nesse milho. São duas situações que vêm de encontro à necessidade do produtor dentro da granja, da porteira para dentro”, afirma.

Como participar

Os interessados em participar do leilão devem, inicialmente, enviar os dados à Conab por meio da internet e dar as características da mercadoria. De acordo com Rogério Gonçalves, o próximo passo é a elaboração de um edital para “publicar e começar as tratativas para comercializar o produto.”

A partir dos dados fornecidos, os técnicos da companhia propõem um serviço personalizado para cada operação. Depois que o demandante aprovar o procedimento, o edital é publicado com as regras de participação no leilão a ser ofertado.

O formulário está disponível na página do “Leilão pra Você”, no portal da Conab, e pode ser enviado para o e-mail [email protected] O documento preenchido também pode ser entregue diretamente em uma unidade da Conab.

Sobre Carlos Augusto 9654 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).