ACM Neto tenta convencer deputado João Roma a não aceitar Ministério da Cidadania; Políticos são aliados do extremista Jair Bolsonaro

Ex-prefeito ACM Neto (DEM-BA) e o deputado federal João Roma (Republicanos-BA) aliados do governo extremista, totalitário, negacionista, excludente, ecocida e genocida de Jair Bolsonaro.
Ex-prefeito ACM Neto (DEM-BA) e o deputado federal João Roma (Republicanos-BA) aliados do governo extremista, totalitário, negacionista, excludente, ecocida e genocida de Jair Bolsonaro.

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, pediu que o deputado João Roma (Republicanos-BA) avaliasse a possibilidade de abrir mão da indicação ao comando do Ministério da Cidadania, cargo que estará disponível na Esplanada nos próximos dias em função da transferência do ministro Onyx Lorenzoni (DEM-RS) para a Secretaria-Geral da Presidência. João Roma é aliado de ACM Neto e foi chefe de gabinete do ex-prefeito de Salvador antes de assumir uma cadeira no Poder Legislativo.

ACM Neto levou o Democratas a um alinhamento com o governo extremista, totalitário, negacionista, excludente, ecocida e genocida de Jair Bolsonaro, fato que gerou crise interna no partido, com pedido de desfiliação do deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) e de outros membros.

O DEM tem uma reunião marcada para dia 24 de fevereiro de 2021, em Brasília, para ouvir ACM Neto sobre um possível apoio a Jair Bolsonaro (sem partido) em 2022. A informação é da colunista do G1, Andreia Sadi.

ACM Neto barrará saída de políticos do DEM que queiram seguir com Maia para outro partido

ACM Neto liberou a saída do deputado Rodrigo Maia do partido, sem a necessidade de aguardar a janela de transferências, que só abrirá no ano que vem. Mas se irritou ao saber que Maia, insatisfeito na legenda, pretende levar consigo para o futuro partido dezenas de políticos do DEM.

Para tentar evitar a debandada, ACM Neto afirmou nesta sexta-feira, em conversa presenciada por três fontes, que não vai autorizar a saída de nenhum nome além de Maia. A aliados, o ex-presidente da Câmara tem falado em levar para a futura legenda uma lista com cerca de 40 nomes, a maioria filiada ao DEM. São governadores, prefeitos, deputados federais e estaduais.

Em conversa nesta sexta-feira testemunhada por três fontes, ACM Neto afirmou que vai liberar Maia, e somente ele. Mas que até mesmo a liberação do deputado pode ser repensada se o ex-presidente da Câmara, que comandou o parlamento por quase cinco anos, insistir em articular a saída de mais políticos da legenda. Caso isso aconteça, Maia só poderá se filiar a outra sigla no ano que vem, após a abertura da janela partidária. ACM Neto tem ligado para políticos do DEM para garantir que permaneçam na legenda.

*Com informações do Yahoo, G1 e Estadão.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109881 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]