Europa pode mostrar flexibilidade ao administrar duas doses da vacina contra Covid-19

Eficácia da imunização da Pfizer & BioNTech com segunda dose aplicada mais de 21 dias após a primeira não foi testada.
Eficácia da imunização da Pfizer & BioNTech com segunda dose aplicada mais de 21 dias após a primeira não foi testada.

Os países europeus que estão lançando a vacina Pfizer-BioNTech contra a Covid-19 podem ser flexíveis no espaço de tempo da aplicação entre a primeira e a segunda dose da imunização.

A informação foi confirmada nesta quinta-feira pelo diretor da Organização Mundial da Saúde, OMS, para a Europa, Hans Kluge.

Compromisso

Nesse momento, alguns países tentam contornar o baixo estoque de vacinas estendendo o período entre as doses.

Falando a jornalistas, em Genebra, Hans Kluge afirmou que é importante encontrar um equilíbrio entre os suprimentos limitados e a necessidade de vacinar um número grande de pessoas.

Kluge disse que “é importante que essa decisão represente um compromisso seguro entre a capacidade de produção e a obrigação dos governos de proteger o maior número possível de pessoas, reduzindo a carga para os sistemas de saúde.”

Segundo a OMS, a Pfizer e a BioNTech não testaram a eficiência da vacina com mais de 21 dias entre as duas aplicações.

Variante

Até o momento, 22 países da região europeia detectaram uma nova variante da Covid-19.

Kluge contou que essa variante é “preocupante”, pois aumentou a transmissão. A OMS afirma que a mutação não afeta a vacina nem tem maior índice de letalidade.

A variante, no entanto, continua se espalhando por todas as faixas etárias. A OMS acredita que essa nova forma do vírus pode acabar substituindo outras linhagens, como já está acontecendo no Reino Unido e na Dinamarca.

Para o diretor regional, isso deve causar o alarme porque haverá um maior impacto nas unidades de saúde, já sob pressão tremenda pressão.

Em 2020, a Região Europeia da OMS teve mais de 26 milhões de casos confirmados e mais de 580 mil mortes.

Nesse momento, quase metade de todos os países e territórios na Europa têm uma incidência de 150 novos casos por 100 mil habitantes a cada semana. Cerca de 25% tiveram um aumento de mais de 10% nas últimas 2 semanas.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110932 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]