Salvador: Festival Boca de Brasa 2020 tem programação especial e traz duas grandes novidades

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Cartaz anuncia Festival Boca de Brasa 2020.
Cartaz anuncia Festival Boca de Brasa 2020.

O Festival Boca de Brasa deste ano vai ser diferente! A primeira novidade é o formato virtual, uma adaptação ao novo normal que o momento requer. A outra, é que, serão cinco dias de programação aberta ao público. O evento de abertura vai contar com apresentações dos oito Espaços Culturais Boca de Brasa, nesta quarta-feira (02/12/2020), às 17 horas, pelo Canal do Youtube da Fundação Gregório de Mattos, com a presença do presidente da FGM, Fernando Guerreiro e do Prefeito de Salvador, ACM Neto.

Com direção-geral de George Vladimir e Assistência de Direção de Maria Carla, a abertura do Festival promete ser um grande espetáculo, com mais de 130 artistas se apresentando e cerca de 40 produtores, técnicos e demais profissionais da cultura envolvidos.

Para que esse circuito de atrações chegue ao público de maneira bem orquestrada, a FGM montou um centro de transmissão no Teatro Gregório de Mattos, com os Mestres de Cerimônia Carol Alves e Ivan Santos. A partir deles, serão feitos os links com cada Espaço Cultural Boca de Brasa, por meio dos seus respectivos mediadores: do Boca de Brasa Subúrbio 360, quem comanda o show é Alan Miranda; no CEU de Valéria, Tabatha Vermont assume o controle; diretamente da Casa do Sol, Aline Nepomuceno faz essa ponte; já no Circo Picolino, Luana Serrat e Nina Porto dividem essa tarefa; pelo MUNCAB, José Carlos Capinan faz as honras da casa; no Quabales, Arilma Pérola é quem vai organizar tudo; e, diretamente do Mercado de Cajazeiras, Edson Souto assume o comando.

A programação especial de abertura conta com diversas atrações, de quase todas as linguagens artísticas, com participações especiais de Capinan, Marivaldo dos Santos, Quabales e Dom Chicla.

Representando o segmento dança, as atrações são os grupos Artvidance, Balet Cetro, Balet da Comunidade, Valsa Amor Eterno e Uzarte Dança. A música será tocada e cantada pelos alunos do Boca de Brasa Casa do Sol, Banda Dendê e Brasa, Brenda Cruz, Jamile, Orquestra Sustentável Quabales Infantil e Vitor Dayube. Para fazer o público “cair na risada”, quem vai representar o Standup é Aline França, Paulo Papel e Raoni Beta. A capoeira conta com a apresentação da Tribo Capoeira. O circo montou seu picadeiro virtual para que os alunos e professores do Boca de Brasa Picolino façam o show! E como o espetáculo não pode parar, o palco vai até o público, com os alunos do Boca de Brasa Casa do Sol e Cia de Teatro Avisa Lá representando as artes cênicas. As Drag Queens serão representadas pela performance de Anitta Bahls.

Do dia 03 a 06/12, o Festival Boca de Brasa 2020 segue com programação a ser exibida por meio dos canais do Youtube e redes sociais dos respectivos Espaços:

Espaço Cultural Boca de Brasa Circo Picolino

Dia 03/12, às 19h, o Boca de Brasa Circo Picolino apresenta a live “Conexões Flutuantes”, em seu canal do Youtube. Dirigido por Luana Serrat, o espetáculo será encenado pelas artistas-alunas do Curso Livre de Tecido Acrobático realizado pela instituição e tem como tema uma proposta de reflexão acerca do momento atual, dos sonhos e das conexões possíveis.

O Palco Aberto virtual contará com a participação de convidados especiais e ficará disponível no canal, para aqueles que não puderem ver ao vivo.

Espaço Cultural Boca de Brasa Quabales

Dia 04/12, às 17h, o Boca de Brasa Quabales promove a live, em suas Redes Sociais, com apresentação dos produtos de comunicação resultante das oficinas de vídeo, fotografia e Lab & Orquestra Sustentável Percussiva. O público assistirá curtas-metragens, fotoclipes e um vídeo musical com a Orquestra Sustentável. Além disso, alguns participantes que darão seus depoimentos sobre o processo de criação das oficinas.

Espaço Cultural Boca de Brasa Casa do Sol

Dia 05/12, às 15h, o Boca de Brasa Casa do Sol apresenta a live “Navegando pelo Mundo Reconhecendo Nossa História”, em seu canal do Youtube. A mostra virtual é resultado das oficinas de teatro, voz-violão, dança e percussão do Projeto Adolescente em Arte-Ação, que conta com jovens entre 12 e 18 anos, com vivências de sensibilização estética, práticas das técnicas artísticas, produção artístico-cultural e educação para o desenvolvimento humano.

O Palco Aberto Boca de Brasa Casa do Sol apresenta o Ballet Style of Dance, Ballet Centro, Grupo de Capoeira Angola Mourão, Grupo de Samba de Roda, Grupo de Poesia Solstício. E, para encerrar, MC’s Cretto, Lila Raio do Sol e Nmares.

Espaço Cultural Boca de Brasa MUNCAB

Dia 06/12, às 16h, o Boca de Brasa MUNCAB apresenta o show “Flor da Memória”, no canal do Youtube e Facebook do MUNCAB.

O Palco Aberto Boca de Brasa – MUNCAB contará com as apresentações de Ceci Alves, apresentando as narrativas documentais; Adriano Cipriano apresentando as animações; Nildinha Fonseca e Capinan com o convidado Roberto Mendes.

Para Chicco Assis, Gerente de Equipamentos Culturais da Fundação, “em um ano tão complicado, marcado pelo distanciamento social e por tantas despedidas e ausências, a cultura e arte tem sido um grande alento, um refúgio de afeto. Os nossos Espaços Boca de Brasa precisaram se reinventar para não perder o contato com o público e permanecerem cumprindo a missão de serem polos aglutinadores e difusores da produção cultural das comunidades onde estão inseridos. Oficinas, atividades formativas, diálogos, cineclubes e palcos abertos ganharam força no ambiente virtual, transpondo fronteiras geográficas, alcançando públicos ainda maiores e, o que é mais importante, sem perder a essência do que é ser um Boca de Brasa”.

Para Fernando Guerreiro, presidente da FGM, “o Boca de Brasa é um foco de resistência. Através da arte e da cultura leva esperança, empoderamento e alegria à população de Salvador. A pandemia chegou e o projeto resistiu: atividades virtuais aconteceram durante todos esses meses e não poderíamos deixar de festejar essa explosão de criatividade. O Festival Boca de Brasa é isso, uma grande festa cultural, on line, para comemorar a nossa resistência. Viva o povo soteropolitano!”

Espaço Cultural Boca de Brasa

O projeto Boca de Brasa é uma iniciativa da Prefeitura de Salvador, através da Fundação Gregório de Mattos (FGM), órgão vinculado a Secretaria de Cultura e Turismo (Secult).

Criado em 1986, o projeto Boca de Brasa visa fomentar a cultura na periferia, com foco na promoção da cidadania, por meio do incentivo às manifestações artísticas dos bairros da capital baiana.

Em 2013, o projeto foi retomado pela FGM, e passou a ter também um caráter formativo, com a realização de oficinas artísticas e de gestão cultural. Até 2016, foram realizadas 21 edições, com público total de 42 mil pessoas, 120 oficinas realizadas e 2.300 agentes culturais atendidos em 20 bairros.

Já em 2017, atendendo a uma demanda trazida por mais de 20 comunidades por onde o projeto passou, o Boca de Brasa se transformou em Espaços Culturais, construídos e administrados pela Prefeitura, através da Gerência de Equipamentos Culturais da FGM e, de editais de apoio a espaços culturais já existentes.

Através do edital Espaços Culturais Boca de Brasa, foram selecionados 03 espaços culturais – Associação Pracatum Ação Social (Apas), no Candeal, o Programa Avançar, da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, Bairro da Paz, e a Associação de Moradores do Conjunto Santa Luzia – Juventude Ativista de Cajazeiras (JACA), em Cajazeiras – que funcionaram, por um ano, como Espaço Cultural Boca de Brasa, com financiamento de R$ 150 mil, cada.

Em 2018, a Prefeitura de Salvador constrói e inaugura o Espaço Cultural Boca de Brasa – Subúrbio 360, em Vista Alegre, e o Espaço Cultural Boca de Brasa – CEU Valéria, em Valéria, desenvolvendo oficinas e diversas atividades artísticas e culturais gratuitas, como o Cine Clube Boca de Brasa, os Diálogos Boca de Brasa e o Palco Aberto.

Juntos, os espaços Boca de Brasa Subúrbio 360 e Boca de Brasa Céu de Valéria receberam mais de 44 mil pessoas, possibilitando acesso aos meios de produção e qualificação profissional de mais de 1,5 mil artistas e outros profissionais do campo cultural. Além disso, cerca de 300 eventos foram realizados e mais de 130 alunos participaram das oficinas nos dois espaços.

Em novembro de 2019, a FGM inaugura o Espaço Cultural Boca de Brasa – Centro, terceiro construído pela Prefeitura, com uma série de oficinas voltadas pra profissionalização artística e intercâmbio cultural em teatro negro, em homenagem ao Novembro Negro.

Com isso, em 2019, além dos três espaços físicos construídos pela Prefeitura de Salvador, quatro instituições culturais de Salvador – Associação Cultural Quabales, Escola de Circo Picolino, Casa do Sol Padre Luís Lintner, Sociedade Amigos da Cultura Afro-Brasileira – recebem financiamento via edital Espaços Culturais Boca de Brasa – Ano II, com aporte financeiro de R$ 150 mil, cada, para que desenvolvam ações até dezembro/2020.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121857 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.