Petrobras quer cobrar multas milionárias de delatores do Caso Lava Jato

Edise, edifício-sede da Petrobras no Rio de Janeiro.
Edise, edifício-sede da Petrobras no Rio de Janeiro.

A Petrobras informou a 23 réus da operação Lava Jato que pretende cobrar deles, por meio de uma ação judicial, multas milionárias pelo esquema de corrupção instaurado na estatal. Entre os notificados, há inúmeros delatores, mas nenhum ex-diretor da companhia. A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo.

Conforme a reportagem, colaboradores como o ex-presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht, os ex-marqueteiros do PT Mônica Moura e João Santana, o operador financeiro Adir Assad e o ex-presidente da Andrade Gutierrez Otávio Marques de Azevedo foram comunicados da intenção da Petrobras.

A estatal não respondeu questionamentos sobre o critério de escolha dos réus que serão processados.

Em nota, disse apenas que a cobrança de multa serve para resguardar os interesses da empresa “enquanto pendentes cumprimento de acordos e tramitações processuais pertinentes”.

*Com informações do CONJUR e Jornal Folha de S.Paulo.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115009 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.