Páginas 1, 2 e 3 da representação do MPF contra Maria do Socorro Barreto Santiago

Páginas 1, 2 e 3 da representação do MPF contra Maria do Socorro Barreto Santiago

Páginas 1, 2 e 3 da Representação criminal do MPF contra Maria do Socorro Barreto Santiago e o juiz Sérgio Humberto de Quadro Sampaio.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou nesta segunda-feira (21/12/2020) o juiz Sérgio Humberto de Quadro Sampaio e a desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, ambos do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), por participação em esquema de venda de sentenças no âmbito do Caso Faroeste. Ambos estão presos preventivamente desde novembro de 2019 e são alvos de fases da Operação Faroeste, investigação federal sobre negociação, intermediação e venda de sentenças judiciais em processos de conflito fundiárias envolvendo terras de Formosa do Rio Preto e Santa Rita de Cássia, municípios situados no oeste da Bahia. A investigação se encontra na 7ª fase e extrapolou o caso originário, sendo descoberto o pagamento de propinas em outros tipos de processos judiciais.