Vereador questiona redução na frota de ônibus em Feira de Santana

Alberto Nery: quem reside nos distritos, nos finais de semana, não tem direito de vir à sede, de visitar um parente ou comprar um remédio, pois não tem ônibus.
Alberto Nery: quem reside nos distritos, nos finais de semana, não tem direito de vir à sede, de visitar um parente ou comprar um remédio, pois não tem ônibus.

De uma frota inicial estimada em 248 ônibus, o sistema de transporte coletivo em Feira de Santana, formado pelas empresas Rosa e São João, reduziu para pouco mais de 130, segundo denúncia do vereador Alberto Nery (PT). Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários e maior liderança da classe no município, ele disse nesta segunda (09/11/2020), em pronunciamento na Câmara, que provocado por um grupo de trabalhadores demitidos (mais de 300 teriam perdido o emprego), manteve contato com os empresários e obteve a resposta de que a medida seria uma consequência da implantação do BRT. “A licitação para concessão do serviço previa o lote A composto por 53 linhas e 125 ônibus e o lote B por 52 linhas e 123 ônibus. Pasmem, hoje (a frota), está reduzida a 130 e poucos. Vieram os carros do BRT e retiram dezenas de veículos”, diz o petista.

Ele quer saber se o prefeito Colbert Martins Filho tem conhecimento. “Não escutei ele, nem o secretário (de Transportes, Saulo Figueiredo), manifestando-se sobre este desserviço”.  Anunciou que fará requerimento “para que possam responder à sociedade o que está acontecendo”. Observa que a redução tem prejudicado, sobretudo, os moradores da zona rural.  “Quem reside nos distritos, nos finais de semana, não tem direito de vir à sede, de visitar um parente ou comprar um remédio, pois não tem ônibus”, protesta. O parlamentar lembra que não é a primeira vez que empresas do setor, que atuam no município, retiram veículos da frota sem comunicado oficial.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109754 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]