Urbanização do canal Paraguari transforma vida de moradores no Subúrbio de Salvador

Vista aérea do Canal Paraguari.Vista aérea do Canal Paraguari.


A entrega da primeira etapa das obras de macrodrenagem e urbanização do canal Paraguari, nesta sexta-feira (13/11/2020), representou um momento de grande transformação para os moradores de Periperi e de bairros vizinhos, no Subúrbio Ferroviário. A obra foi entregue pelo prefeito ACM Neto e pelo titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), na Rua Beira Rio, em um dos pontos de intervenção do canal.

Os serviços de urbanização e macrodrenagem proporcionaram melhoria na qualidade de vida de quem vive no entorno. Essa é uma das maiores obras de urbanização feita em canal, em Salvador, que só na primeira etapa contemplou 925 metros. O investimento foi de quase R$18 milhões, abrangendo o trecho que vai da Avenida Suburbana até a Rua da Glória.

Emocionado durante a inauguração, o prefeito lembrou-se de quando visitou o canal pela primeira vez em janeiro de 2013. “Essa região tinha lixo espalhado para todo o lado. O canal estava completamente sujo, o asfalto estava esburacado e não havia área de lazer para as crianças. Eu coloquei no meu coração a decisão de que não terminaria o mandato sem requalificar todo o canal. E aqui estamos hoje concretizando esse sonho. As pessoas estão muito felizes, porque elas não acreditavam que um dia a prefeitura pudesse realmente fazer essa obra”.

Moradora do bairro há nove anos, a dona de casa Ana Angélica de Jesus, de 42 anos, agora sente orgulho em dizer que mora na região e já começou a usar o parquinho para o lazer de seus dois filhos, Júlia, de 3 anos, e João Paulo, de um ano e meio. “Ficou ótimo! Eu sentia falta de uma área de lazer para os meus filhos. Mudou a nossa vida completamente. Está até parecendo uma orla o nosso bairro. A partir de agora eu venho trazer os meus filhos todos os dias para brincar”, contou.

Para o titular da Seinfra, Luciano Sandes, trata-se de uma obra de importância muito grande. “Esse é um canal que recebe vários esgotos domésticos e que era uma região muito insalubre. Nós fizemos um projeto que contemplou a construção de ciclovias, corrimões, parques de convivência, áreas com bancos e pergolados, justamente para que uma região que era tão degradada se tornasse uma área atrativa. Esse é mais um espaço público devolvido à população de forma digna e preservada”, disse.

Graças à obra, o cenário de alagamentos, acúmulo de lixo, mau cheiro e da incidência de insetos e de animais peçonhentos ficou para trás. A macrodrenagem proporcionou melhor fluidez ao curso do canal, e toda a extensão das margens ganhou pavimentação, corrimões, e uma ciclovia que vai facilitar o deslocamento dos moradores. “A saúde dos moradores melhora, não apenas pela questão da salubridade, mas também pelos equipamentos para o lazer e prática de atividades físicas”, complementa Luciano Sandes.

Para André Luiz Santos, de 44, que é deficiente físico, o deslocamento com a cadeira de rodas ficou muito mais fácil. “Eu agora resolvo as minhas pendências com mais facilidade. Antes era muito difícil passar pela rua esburacada. Quando chovia, alagava e o local tinha muita lama e lixo. Ficou muito melhor para circular agora, eu subo no passeio pelas rampas e vou tranquilamente para os lugares com a minha cadeira de rodas automática”.

Serviços – Visto de cima, o local parece mesmo uma orla. O rio contou com a implantação de patamares de 2,80 m ao longo de toda a extensão, constituídos por lajes pré-fabricadas. Travessias implantadas a cada 60 m de extensão facilitam a circulação de moradores, principalmente de pessoas com mobilidade reduzida, idosos e crianças. Um novo sistema de iluminação em LED foi implantado. Além disso, foram criados espaços públicos de convivência e lazer com paisagismo, entre outras intervenções.

Toda a obra foi realizada sob a coordenação da Superintendência de Obras Públicas (Sucop), vinculada à Seinfra. A bacia hidrográfica do Rio Paraguari está inserida em Salvador e abrange parte da região do Subúrbio Ferroviário, com área de aproximadamente 4,8 km². O rio Paraguari nasce em Fazenda Coutos, drena bairros como Nova Constituinte e Periperi, que possuem densa ocupação e, por fim, deságua na praia de Periperi.

Segunda etapa – Iniciada em julho deste ano, a segunda etapa da intervenção, contemplando o trecho que vai da Rua da Glória até o eixo do barramento entre as Ruas Jaqueira e Beira Rio de Cima, segue em andamento. Nesta fase, a Prefeitura investe R$7,2 milhões com recursos do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). A obra do barramento vai regularizar a vazão de águas pluviais para não haver alagamento em toda a extensão do Canal Paraguari. A extensão do trecho entre a Rua da Glória e o eixo do barramento é de 300 metros. Já o barramento, tem uma extensão de 420 metros.

Prefeito ACM Neto durante visita ao canal Paraguari Periperi.

Prefeito ACM Neto durante visita ao canal Paraguari Periperi.

Obras de macrodrenagem e urbanização do canal Paraguari.

Obras de macrodrenagem e urbanização do canal Paraguari.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]