Prolongamento da Avenida Fraga Maia é inaugurado pela Prefeitura de Feira de Santana

Prolongamento da Avenida Fraga Maia, em Feira de Santana.
Prolongamento da Avenida Fraga Maia, em Feira de Santana.

O prolongamento da avenida Fraga Maia foi aberta ao tráfego na manhã desta sexta-feira (13/11/2020). Será mais opção, que encurtará distâncias, para moradores da região que desejam chegar à BR 116 Sul ou ao Centro Diocesano, no Papagaio, a partir da rua Rubens Francisco Dias, que está sendo duplicada.

Para controlar a passagem dos veículos – prevenir acidentes, a SMT (Superintendência Municipal de Trânsito) instalou um conjunto de semáforo de três tempos no ponto de convergência entre as duas avenidas.

Bom para os motoristas, melhor para os praticantes de esportes, seja corrida, caminhada ou adeptos do ciclismo – o trecho tem duas pistas para estes desportistas, que ganharam cerca de dois quilômetros extras para suas atividades – a partir da avenida de Contorno são cerca de cinco quilômetros.

A iluminação de LED oferece segurança para que transita pelo prolongamento, que ganhou dezenas de novos ipês, que dentro de poucos anos começarão a oferecer sobra e os mais belos cachos de flores. A arborização será um dos seus diferenciais.

Esta será uma das três ligações de avenidas e rua a Rubens Francisco Dias – as outras são a Francisco Fagundes Filho, extensão da avenida Ayrton Senna, na Mangabeira, e a Vicente Reis, a partir do conjunto João Paulo II, que facilitarão o acesso à UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana), por exemplo.

Prolongamento da Avenida Fraga Maia, em Feira de Santana.
Prolongamento da Avenida Fraga Maia, em Feira de Santana.
Prolongamento da Avenida Fraga Maia, em Feira de Santana.
Prolongamento da Avenida Fraga Maia, em Feira de Santana.
Sobre Carlos Augusto 9508 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).