Mais de 6 mil empresas contaram com suporte da Rede CIN para atuar no mercado internacional, em 2019

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios promove a internacionalização das empresas brasileiras por meio de um conjunto de serviços customizados às necessidades.
Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios promove a internacionalização das empresas brasileiras por meio de um conjunto de serviços customizados às necessidades.

A estratégia de internacionalização de uma empresa pode fazer toda a diferença na competitividade do negócio. Empresas internacionalizadas inovam mais, diminuem a dependência do mercado externo e ainda conseguem garantir que seu produto seja conhecido no exterior, o que fortalece a marca e o posicionamento do produto no mercado doméstico.

Nesse contexto, atua a Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN), coordenada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Apenas em 2019, a rede realizou mais de 105 mil atendimentos a 6,1 mil empresas brasileiras de todos os portes – pequenas, médias e grandes.

A Rede CIN conta com especialistas de comércio exterior que desenvolvem soluções encadeadas e complementares para os diversos níveis de maturidade das empresas brasileiras.

“A Rede CIN foi criada em 1998 com o objetivo de preparar empresas para atuar no mercado internacional. Internacionalizar é uma estratégia que garante mais perenidade da operação da empresa em mercados externos e pode ser crucial na competitividade da companhia”, explica Sarah Saldanha, gerente de Serviços de Internacionalização da CNI.

Cartilhas

A Rede CIN disponibiliza uma série de cartilhas online que podem ser o passo inicial para pessoas do ramo empresarial começarem a expandir a marca e atuar no mercado internacional. Entre os documentos disponibilizados, estão acordos e barreiras comerciais; logística, pagamentos, feiras e contratos internacionais; documentos para exportação e encontros de negócios.

Como ter acesso

Para ter acesso aos serviços prestados pela Rede CIN, basta que a empresa procure um centro internacional instalado na Federação das Indústrias de cada estado. Segundo a CNI, neste centro, o empresário encontrará soluções compatíveis com o perfil empresarial para internacionalização que darão suporte à atuação da empresa no mercado externo.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112939 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]