Governador Rui Costa assina contrato para construção da Ponte Salvador-Itaparica; Investimento é estimado em R$ 5,4 bilhões; Confira vídeo

Governador Rui Costa comemora assinatura do contrato para construção da Ponte Salvador-Itaparica.
Governador Rui Costa comemora assinatura do contrato para construção da Ponte Salvador-Itaparica.

O governador Rui Costa assinou nesta quinta-feira (12/11/2020) o contrato para construção da ponte Salvador-Itaparica. O ato foi realizado na área em frente ao prédio da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). O documento será assinado pelo Governo do Estado e o consórcio chinês que irá realizar a obra, formado empresas China Communications Construction Company (CCCC Ltd), CCCC South America Regional Company (CCCCSA) e China Railway 20 Bureau Group Corporation (CR20). A data inicial de assinatura era no início de 2020, mas foi prorrogada por conta da pandemia de Covid-19. Com o documento assinado, as empresas terão um ano para elaborar o projeto e outros quatro para executar o equipamento.

Durante a cerimônia, realizada no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, o governador Rui Costa destacou a importância da construção do equipamento. “É o maior investimento, em alguns anos, de um grupo chinês no Brasil. Com muito orgulho chegamos a este momento de assinar o contrato com grupo de um país que muito investe em pesquisa e tecnologia. Nossa engenharia vai colocar em prática novas formas tecnológicas de construção de ponte que nunca foram utilizadas antes na engenharia brasileira”, afirmou o governador Rui Costa.

“Contrato assinado! Chegou a hora da ponte Salvador-Itaparica deixar de ser um sonho pra virar realidade. Está documentado nosso compromisso com as empresas chinesas e agora temos ainda mais trabalho pela frente. Batalhamos muito para chegar até aqui e me sinto honrado e feliz por fazer parte deste momento histórico. É uma transformação para todo o estado! Vamos gerar emprego, renda e melhorar a vida de milhões de pessoas. Vamos nessa! #AquiÉTrabalho #Bahia”, disse governador Rui Costa, ao comemorar assinatura do contrato da Ponte Salvador-Itaparica.

Porta-voz do consórcio chinês, o empresário Lin Li reforça a expertise das empresas que ficarão responsáveis pela obra. “As acionistas do consórcio são as maiores empresas do mundo no segmento de construção e infraestrutura e temos confiança que temos experiência suficiente para executar bem uma obra como a Ponte Salvador-Itaparica”, enfatizou.

Novo vetor de desenvolvimento

O secretário do Desenvolvimento do Estado, João Leão, ressalta o poder de aproximação do equipamento, principalmente quando se trata de municípios situados ao Sul baiano. “Para se ter uma ideia, o município de Belmonte ficará 283 quilômetros mais perto da capital. Esta ponte é um marco no desenvolvimento da Bahia”, celebrou.

Quando concluída, a Ponte Salvador-Itaparica será a maior ponte sobre lâmina d’água da América Latina e contará com duas pistas, cada uma delas com duas faixas e acostamento, e ainda com um trecho estaiado de 860 metros. A previsão é que sejam gerados aproximadamente oito mil empregos durante a construção do equipamento.

De acordo com o secretário de Infraestrutura do Estado, Marcus Cavalcanti, um novo eixo de desenvolvimento será criado com a construção da ponte. “Hoje, Salvador tem duas saídas, uma pela Linha Verde e outra pela BR-324. Temos do outro lado, na Ilha, mais de uma centena de municípios que ficarão mais próximos e integrados à capital. Essa ponte é mais do que uma obra de ligação, é um vetor de integração e desenvolvimento para toda a Bahia”, analisou.

Após a conclusão da obra, o consórcio chinês ficará responsável pela manutenção e administração do sistema pelos próximos trinta anos. Com expectativa de atingir um fluxo de 28 mil veículos por dia já no inicio da operação, a ponte, em Salvador, será acessada na região de Água de Meninos. Na Ilha de Itaparica, a cabeceira do equipamento ficará na região da Gameleira. Espera-se que o novo equipamento beneficie diretamente 4,4 milhões de pessoas na Região Metropolitana de Salvador, e indiretamente, mais de 5,4 milhões de baianos em outros 100 municípios do Recôncavo do Baixo Sul da Bahia.

Dados da Ponte

Com 12,4 quilômetros de extensão, o equipamento terá investimento de R$ 5,4 bilhões e aporte do Estado de R$1,5 bilhão, via parceria público-privada. Ela conta com acessos em Salvador, por túneis e viadutos, e em Vera Cruz, com a ligação à BA-001. A concessão do projeto executado por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP) será de 35 anos.

Confira vídeo

Governador Rui Costa autoriza início das obras da Ponte Salvador-Itaparica.
Governador Rui Costa autoriza início das obras da Ponte Salvador-Itaparica.
Sobre Carlos Augusto 9717 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).