Eleições 2020: Em Vitória da Conquista, Zé Raimundo enfrenta nome do MDB, que tem o apoio do PSL e do DEM

Deputado estadual Zé Raimundo (PT) disputa segundo turno das Eleições 2020 para prefeito de Vitória da Conquista.Deputado estadual Zé Raimundo (PT) disputa segundo turno das Eleições 2020 para prefeito de Vitória da Conquista.


Vitorioso nas eleições municipais na cidade baiana de Vitória da Conquista, no primeiro turno, o deputado estadual Zé Raimundo (PT), professor universitário, vai enfrentar nas urnas, no dia 29 de novembro de 2020, o que há de mais atrasado na política baiana: a aliança conservadora entre o DEM, de ACM Neto, e do MDB, de Geddel Vieira Lima. Os dois partidos golpistas – que apoiaram os governos de Michel Temer e Jair Bolsonaro – fecharam aliança pela reeleição de Herzem Gusmão (MDB), atual prefeito da cidade. O PSL também apoia o candidato do governo Bolsonaro.

Raimundo promete uma frente para mudar os rumos do município – o terceiro maior do estado, atrás de Salvador e Feira de Santana – e já está articulando com o governador Rui Costa (PT) os apoios de líderes de outras legendas. Ele tem experiência na política. Aos 70 anos, já foi prefeito entre 2002 e 2004, sendo reeleito e administrou a cidade até 2008. Virou então deputado estadual – sempre pelo PT, onde se elegeu em 2010, 2014 e 2018.

As conversas dos petistas estão rendendo apoios importantes. O PP, que lançou como candidato Romilson Filho, e o Podemos, fecharam com o petista, assim como outras legendas expressivas do município: Pros, Cidadania e Solidariedade. Outros políticos da região, inclusive vereadores eleitos que estavam com o adversário, também estão conversando com Raimundo. “São vários que estavam indecisos, mas que já declararam claramente o apoio a minha candidatura e de Luciana [Oliveira, candidata a vice na chapa, indicada pelo PCdoB] para esse segundo turno”, disse Zé Raimundo, em entrevista à TV Sudoeste, da Bahia.

Ele não abre todos os políticos que estão sendo sondados, mas lembra que a frente é para mudar o panorama administrativo e impor novo dinamismo à Vitória da Conquista. “Muitos estão conversando com a gente para ampliar a frente, que quer o bem de Conquista, resgatar a dignidade, apoiar o homem do campo, investir na saúde, na infraestrutura urbana e cuidar das pessoas”, disse. “Estou muito esperançoso. Se Deus quiser, vamos confirmar a vitória que obtivemos no primeiro turno”.

Zé Raimundo obteve nas urnas, no domingo, 81.721 votos (47,63% dos votos), contra 78.732 de Herzem Gusmão (45,89%). Os outros nomes ficaram muito atrás na disputa do primeiro turno. David Salomão (PRTB), obteve 3,12% da preferência do eleitorado.  Romilson Filho (PP), 1,76%; Cabo Herling (PSL), 0,67% e Maris Stella (Rede), 0,57%, enquanto Professor Ferdinand (Psol), angariou 0,37% dos votos. No primeiro turno, a eleição em Vitória da Conquista teve 18,87% de abstenção, 2,18% votos brancos e 6,33% votos nulos.

Reconstrução da infraestrutura

O candidato petista está afiado e com olhos voltados para a periferia e o interior do município, abandonados pela atual administração. “A zona rural foi abandonada, as estradas, postos de saúde, que nós construímos, estão desassistidos, sem medicamentos, sem médicos”, disse. “As nossas aguadas não foram recuperadas, o homem do campo, a zona rural está totalmente abandonada”, denuncia.

Raimundo avisa que vai retomar o projeto melhorando as condições de infraestrutura hídrica, estradas e a saúde. “Um problema gravíssimo é o transporte coletivo. O candidato que concorre comigo nesse segundo turno prometeu VLT, bondinho, e só piorou o transporte”, acusa o candidato petista. “Está um caos o transporte coletivo de Vitória da Conquista e nós vamos tomar providências imediatamente no dia 1° de janeiro”.

Diante da possibilidade de agravamento da crise sanitária, com o o eventual prolongamento da pandemia do Covid-19, Raimundo avisa que vai se reunir imediatamente com as autoridades da saúde para avaliar a situação. “O prefeito tem que seguir aquilo que os médicos, que especialistas colocam como vertente principal e naturalmente os empresários. Queremos garantir o emprego, a renda, a saúde e a vida das pessoas”, disse, na entrevista à TV Sudeste da Bahia.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]