Eleições 2020: Deputado Robinson Almeida denuncia crimes eleitorais com uso da Prefeitura de Feira de Santana; Ilícitos objetivam favorecer Colbert Martins, diz

Deputado Robinson Almeida (PT) denuncia crimes eleitorais cometidos com uso da Prefeitura de Santana, cuja finalidade dos ilícitos é favorecer Colbert Martins Filho (MDB).
Deputado Robinson Almeida (PT) denuncia crimes eleitorais cometidos com uso da Prefeitura de Santana, cuja finalidade dos ilícitos é favorecer Colbert Martins Filho (MDB).

Destacando que “a máquina pública está funcionando de forma escancarada no dia da eleição, criando obstáculos para que os cidadãos exerçam o livre direito do voto em Feira de Santana”, o deputado estadual Robinson Almeida denunciou na manhã deste domingo (29/11/2020), caso de supostas irregularidades registradas nos distritos de Jaíba e Maria Quitéria.

Segundo ele, foram desencadeadas operações de fiscalização pela Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) “para prender veículos particulares, sob a falsa acusação de transporte irregular”. De acordo com o deputado, mesmo de forma legal, “os eleitores estão tendo seu direito de ir e vir para acessar aos locais de votação inibido, por um ato de desvio de poder e finalidade por parte do Município”.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9018 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).