Eleições 2020: Carlos Medeiros declara que não apoiará nenhum candidato à prefeito de Feira de Santana no segundo turno

Carlos Medeiros (Novo), candidato à prefeito de Feira de Santana, foi derrotado nas Eleições 2020.
Carlos Medeiros (Novo), candidato à prefeito de Feira de Santana, foi derrotado nas Eleições 2020.

O empresário Carlos Medeiros (NOVO) declarou nesta terça-feira (17/11/2020) que não irá apoiar nenhum dos candidatos que disputarão o segundo turno eleitoral para a Prefeitura de Feira de Santana.

“Eu mantenho a minha palavra e não farei nenhum tipo de coligação ou acordo para apoio. Nenhum dos candidatos representa os valores e princípios que eu acredito. Não tem a menor possibilidade”, disse.

O partido NOVO lançou candidato próprio ao Paço Municipal Maria Quitéria, Carlos Medeiros, que recebeu 7.259 votos e ficou em sexto lugar na corrida eleitoral. Apesar de não alcançar o resultado preterido nas urnas, o empresário diz sair fortalecido das eleições 2020.

“Eu estou extremamente feliz com o resultado. O nosso projeto é de mudar totalmente o conceito da política. Este é só o início”, declarou o prefeiturável reforçando a sua independência política no cenário municipal ao não aderir as coligações do sistema de coalisão e as práticas da política tradicional.

Em termos de números, o partido quase 10mil votos em Feira de Santana. Sendo 2.737 votos para candidatos a vereadores, e 7.259 para o cargo de prefeito.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9613 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).