DETRAN Bahia, Coelba e Sindauto se unem para oferecer CNH gratuita a mulheres que desejam ser eletricistas

Alunas da Escola de Eletricistas da Coelba serão beneficiadas com a CNH gratuita, por meio de parceria entre o Detran e o Sindicato das Autoescolas e Centros de Formação de Condutores (SINDAUTO).
Alunas da Escola de Eletricistas da Coelba serão beneficiadas com a CNH gratuita, por meio de parceria entre o Detran e o Sindicato das Autoescolas e Centros de Formação de Condutores (SINDAUTO).

Com o objetivo de contribuir na preparação de mulheres que pretendem ser eletricistas e precisam obter a carteira de habilitação (CNH), o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) firmou um acordo de cooperação técnica com a Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba), empresa do grupo Neoenergia. Alunas da Escola de Eletricistas da Coelba serão beneficiadas com a CNH gratuita, por meio de parceria entre o Detran-BA e o Sindicato das Autoescolas e Centros de Formação de Condutores (SINDAUTO).

Atualmente, 97 mulheres são atendidas na escola da empresa, sem custo. Destas, 54 ainda não possuem CNH e serão contempladas com o novo documento. A formação das futuras condutoras seguirá o padrão do curso de direção, com aulas do Sindauto e exames do Detran-BA. Elas poderão atuar em elétrica predial e redes de distribuição de energia, dirigindo os veículos usados nas atividades.

“É gratificante participar desse projeto de inclusão da Coelba, que o Governo do Estado abraçou. A nossa autarquia entra com a sua contribuição social, junto com o Sindauto, para qualificar ainda mais essas mulheres, que em breve estarão aptas a dirigir e trabalhar como eletricistas”, declarou o diretor-geral do Detran-BA, Rodrigo Pimentel.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112562 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]