Feira de Santana: Colbert Martins também ficou preso, diz Roberto Tourinho à adversários que tentam desqualificar PT; Vereador Cadmiel Pereira contesta

Roberto Tourinho: ter sido preso não deve ser um critério para se fazer a escolha.
Roberto Tourinho: ter sido preso não deve ser um critério para se fazer a escolha.

O vereador Roberto Tourinho (PSB) criticou nesta terça-feira (24/11/2020), o discurso de adversários do candidato a prefeito Zé Neto, de que o seu partido, PT, não é “o melhor” para Feira de Santana em razão de que a sua principal liderança, o ex-presidente Lula, é um ex-presidiário. “Colbert (o candidato à reeleição Colbert Martins Filho) também ficou preso no presídio de Macapá”, disse ele, referindo-se ao episódio ocorrido em 20011 quando o então secretário nacional do Ministério do Turismo foi preso acusado de participar de corrupção.

Ex-candidato ao Governo Municipal, que não se habilitou ao segundo turno, Tourinho recomendou cautela aos aliados do atual prefeito, em avaliação dessa ordem. Para o oposicionista, aliados de Colbert devem ter “cautela” na honestidade atribuída ao candidato. “Ter sido preso não deve ser um critério para se fazer a escolha”, disse ele, ou o prefeito estaria desclassificado. Em sua avaliação, o atual gestor “não tem moral e não pode falar de honestidade, assim como Zé Ronaldo (ex-prefeito e principal apoiador do candidato à reeleição) que está com R$ 24 milhões em bens bloqueados pela Justiça”.

“Foi inocentado”, rebate Cadmiel, reagindo a Tourinho sobre prisão de Colbert em 2011

“O prefeito Colbert Martins Filho foi inocentado por todos os trâmites da Justiça”, reagiu o vereador Cadmiel Pereira (DEM) ao pronunciamento de Roberto Tourinho (PSB), que nesta terça-feira, 24, na Câmara, lembrou da prisão do gestor municipal e candidato à reeleição no próximo domingo, tendo como adversário o petista Zé Neto.

Ex-candidato ao Poder Executivo e não habilitado ao segundo turno, Tourinho criticou defensores da reeleição de Colbert que tentam desclassificar o concorrente pelo fato de que seu partido (PT) tem como maior liderança o ex-presidente Lula, que já foi condenado e cumpriu prisão, encontrando-se atualmente em liberdade provisória. “Todos têm direito à ampla defesa e ao contraditório e o prefeito Colbert provou a sua inocência”, afirma Cadmiel, que não vê coerência na comparação.

Defesa de José Ronaldo

Ele lembrou em seu discurso que, na Bahia, após a eleição recente, só restaram 36 prefeituras comandadas pelo Partido dos Trabalhadores – sem contar com Feira de Santana e Vitória da Conquista, que terão segundo turno com a participação da legenda. “Expurgaram o PT dos municípios. O sistema é podre. Em Feira de Santana, só quer sugar”.  Cadmiel também se referiu sobre ataques quanto a honestidade de José Ronaldo, colocada em xeque por Tourinho devido ao bloqueio de bens determinado pela Justiça contra o ex-prefeito no Caso Coofsaúde: “as pessoas conhecem o trabalho dele na cidade”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114985 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.