Transporte público de Vitória da Conquista não sofrerá interrupção, diz prefeito Herzem Gusmão, após decisão judicial que cassou concessão da viação Cidade Verde

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Herzem Gusmão: o que nós queremos é tranquilizar a cidade de Vitória da Conquista.
Herzem Gusmão: o que nós queremos é tranquilizar a cidade de Vitória da Conquista.

Por determinação do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, a empresa de ônibus Cidade Verde deixará de operar o sistema de transporte público de Vitória da Conquista. Após uma ação popular, a Justiça Estadual notificou a Prefeitura de Vitória da Conquista para rescindir o contrato com a Cidade Verde.

De acordo com a Justiça, a contratação da empresa é fruto de uma licitação irregular. Diante dessa situação, a Prefeitura de Vitória da Conquista está em processo de contratação da empresa Atlântico Transportes, para operar o sistema de transporte público da cidade, em caráter emergencial.

“A Cidade Verde foi condenada a deixar a cidade pelo Tribunal de Justiça em função de uma licitação fraudada pelo Partido dos Trabalhadores, em 2013”, comentou Herzem. O prefeito e candidato a reeleição garantiu que a população não ficará sem transporte. “O que nós queremos é tranquilizar a cidade de Vitória da Conquista. Os ônibus da Atlântico Transportes estão vindo para operar em Conquista, ônibus mais novos, com Wi-Fi, com carregador de celular e biometria facial”, complementou.

O prefeito destaca também que já foi iniciada uma nova licitação para contratação de duas empresas de ônibus que estarão autorizadas a atuar no município. “A Secretaria de Mobilidade já disparou o processo licitatório para contratação de duas empresas que estarão operando na cidade de Vitória da Conquista”, finalizou Herzem.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113636 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]