Projeto Novo Centro de Feira de Santana será inteiramente focado na mobilidade urbana, diz Governo Colbert Martins

Projeto de requalificação do Centro Urbano de Feira de Santana, vai priorizar pessoas, no seu direito de ir e vir pelas ruas centrais do comércio local.
Projeto de requalificação do Centro Urbano de Feira de Santana, vai priorizar pessoas, no seu direito de ir e vir pelas ruas centrais do comércio local.

Tendo como foco principal a mobilidade urbana, o Novo Centro, projeto de requalificação do Centro Urbano de Feira de Santana, vai priorizar as pessoas, tanto no seu direito de ir e vir pelas ruas centrais do comércio local, quanto na oferta de vias e equipamentos públicos que dialoguem com as novas demandas sociais.

Ao custo aproximado de R$ 60 milhões, dos quais R$ 36 milhões estão sendo investidos nesta primeira etapa do projeto, o Novo Centro tem uma área de abordagem que abrange um polígono estimado em 98 hectares.

Trata-se de uma área correspondente aos alinhamentos das ruas Barão de Cotegipe, Felinto Bastos, as avenidas Presidente Dutra e Sampaio, e a rua Vasco Filho. Na fronteira Norte da área do Projeto encontra-se a Praça Fróes da Motta, com área de 3.800 metros quadrados, que marca o início da rua Sales Barbosa, principal via de pedestres do conjunto urbanístico.

De acordo com o secretário de Planejamento, Carlos Brito, todas as vias e calçadas do Novo Centro serão padronizadas com pisos intertravados. Já o cabeamento de telefonia e a fiação da iluminação pública serão subterrâneos, através de valas técnicas.

Carlos Brito ressalta que a filosofia do projeto está calcada na humanização dos equipamentos públicos, “dentro da lógica da mobilidade urbana, onde prevalece a pessoa, e não o veículo”, disse.

Além de substituir a velha iluminação do Centro por uma moderna iluminação com lâmpadas LED, a vias centrais também vão ganhar nova sinalização de trânsito, passagens elevadas, sempre priorizando o pedestre e suas especificidades, a exemplo das pessoas idosas e portadores de algum tipo de deficiência.

Estes recursos técnicos, por exemplo, serão aplicados ao longo da rua Marechal Deodoro, obrigando os veículos a transitarem com baixa velocidade. Também estão previstas obras de drenagem e implantação de estacionamentos para bicicletas, um dos modais bastante utilizados na cidade.

Até o final deste mês, serão iniciadas as obras de pavimentação da Praça Bernardino Bahia. O logradouro vai receber um piso de granito reciclado, um tipo de pavimento esteticamente moderno, e com maior tempo de vida útil.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108862 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]