Operação Parasita: PF e CGU deflagram investigação no Pará objetivando apurar irregularidades na contratação de empresa fornecedora de materiais e equipamentos laboratoriais

No âmbito da Operação Parasita, PF e CGU investigam irregularidades na contratação de empresa fornecedora de materiais e equipamentos laboratoriais por instituição vinculada ao Ministério da Saúde.
No âmbito da Operação Parasita, PF e CGU investigam irregularidades na contratação de empresa fornecedora de materiais e equipamentos laboratoriais por instituição vinculada ao Ministério da Saúde.

Polícia Federal e a CGU deram início a execução da segunda fase da Operação Parasita, que tem por foco a investigação de irregularidades na contratação de empresa fornecedora de materiais e equipamentos laboratoriais pelo Instituto Evandro Chagas, instituição vinculada ao Ministério da Saúde que é referência nas áreas de pesquisas biomédicas e na prestação de serviços em saúde pública do Pará.

Estão sendo cumpridos nesta terça-feira (27/10/2020) dois mandados de busca e apreensão e uma prisão preventiva em Belém/PA e em Brasília/DF. Os mandados foram expedidos pela 3a Vara Criminal Federal na Seção Judiciária do Estado do Pará.

Para a execução das medidas judiciais estão sendo empregados 13 policiais federais, além de servidores do MPF e da CGU.

Os crimes investigados são peculato (art. 312 do CP, corrupção passiva e ativa (arts. 317 e 333 do CP), além da dispensa ou inexigibilidade indevida de licitação (art. 89 da Lei 8.666/93), que se somados podem culminar com pena de 29 anos de reclusão.

A primeira fase da Operação Parasita ocorreu, no dia 06 de fevereiro de 2020, quando foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Belém (PA) e Ananindeua (PA).

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120796 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.