Luiz Fux quer criar vagas de conselheiros para Justiça Militar no CNJ; Presidente do STF defende mudanças no Conselho

Composição do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pode ser modificada por iniciativa do presidente da instituição.
Composição do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pode ser modificada por iniciativa do presidente da instituição.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STTF), Luiz Fux, planeja criar duas novas vagas no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), destinadas ao preenchimento por um juiz da Justiça Federal Militar e um ministro do Superior Tribunal Militar (STM).

Hoje, o CNJ tem 15 integrantes: o presidente do STF; um ministro do STJ; um ministro do TST; um desembargador estadual; um juiz estadual; um desembargador federal; um juiz federal; um desembargador do Trabalho; um juiz do Trabalho; um integrante do Ministério Público da União; um integrante dos MPs estaduais; dois advogados e dois cidadãos, indicados pela Câmara e pelo Senado.

*Com informações da Revista Época.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108075 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]