Falta de manutenção da faixa de domínio, pavimento irregular, sinalização ineficiente e baixo investimento são a síntese da desastrosa gestão das rodovias “administradas” pela ViaBahia

ViaBahia presta desserviço aos usuários do sistema viário que administra na Bahia.
ViaBahia presta desserviço aos usuários do sistema viário que administra na Bahia.

Empresário do agronegócio encaminhou, nesta segunda-feira (13/10/2020), ao Jornal Grande Bahia (JGB), denuncia com documentos comprovando que a ViaBahia tem se negado a dar manutenção a faixa de domínio de 45 metros das rodovias que administra na Bahia, além de incorrer no não cumprimento de outras responsabilidades contratuais que mantém com o Governo Federal.

“A concessionária presta um dos mais desqualificados serviços de gestão de rodovias do país”, diz o denunciante, acrescentado relato sobre a “ocorrência de irregularidade no pavimento, sinalização ineficiente, baixo investimento, falta de cerca e roçagem das faixas de domínio inexistente ou inadequada”.

A situação é critica e os desastres se acumulam. Os recorrentes acidentes são resultado, em parte, do lastimável estado de conservação das rodovias administradas pela ViaBahia, principalmente, no trecho da Rodovia Engenheiro Vasco Filho (BR-324), entre Salvador e Feira de Santana.

A desastrosa gestão da ViaBahia faz com que os usuários do sistema percam horas em congestionamentos decorrentes de acidentes, ao mesmo tempo em que pagam para que lhes desperdicem o tempo de trabalho.

Trechos sob responsabilidade

Nos documentos enviados pelo denunciante, consta que a Viabahia Concessionária De Rodovias S.A. com sede na cidade de Salvador, na Rua do Jacaratiá, nº 3244, sala 106, Ed. JBB Center, Caminho das Árvores, inscrita no CNPJ sob o nº 10.670.314/0001-55, é concessionária dos serviços de exploração da infraestrutura e da prestação do serviço público de recuperação, operação, manutenção, monitoração, conservação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade do Sistema Rodoviário composto pelos trechos das rodovias BR-116/BA e BR-324/BA, bem como trechos das rodovias estaduais BA-526 e BA-528, conforme Contrato de Concessão (Edital nº 001/2008) com a União Federal, através da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9967 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).