Vereadores solicitam melhorias para o transito de Feira de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Marcos Lima: estamos vivendo um momento difícil, de calamidade pública em nível estadual e municipal.
Marcos Lima: estamos vivendo um momento difícil, de calamidade pública em nível estadual e municipal.

O Ministério Público está sendo provocado a ajuizar uma Ação Civil Pública para impedir a “Blitz do IPVA” realizada pelo Detran em Feira de Santana. O vereador Marcos Lima (DEM) anunciou nesta quarta-feira (16/09/2020), na Câmara, que encaminhou ofício com esse objetivo à Promotoria responsável.

A fiscalização com uso da Polícia Militar para apreender veículos com atraso no pagamento do IPVA é uma prática que tem sido bastante criticada na Câmara de Vereadores. Marcos Lima considera que a operação é inadequada, principalmente em meio à pandemia da Covid-19, tendo em vista as suas consequências socioeconômicas.  “Estamos vivendo um momento difícil, de calamidade pública em nível estadual e municipal. A Covid-19 deixou muitas marcas nas famílias com mortes, pessoas doentes”, argumenta. Observa que a blitz para a apreensão dos veículos tira dos pais de família, muitas vezes, seu instrumento de trabalho. “Quantos não precisam usar o automóvel para fazer delivery ou outra forma de sustento?”, pondera.

SMT muda direção mas segue “um caos”, diz vereador, indignado com “carretas do Mercantil Rodrigues”

A presença de veículos pesados na rua Carlos Valadares, Bairro Queimadinha, fundos do Mercantil Rodrigues (loja de atacado estabelecida na área pertencente a Santa Casa de Misericórdia onde por muitos anos funcionou o conhecido “campo do São Paulo”), continua causando problemas para o trânsito naquela região, observa o vereador João Bililiu (PSD).

Em pronunciamento na Câmara, ele voltou a cobrar providências contra a empresa causadora dos engarrafamentos naquele trecho, por parte da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), responsável pela fiscalização. “Ontem, ali perto do Mercantil, tinha uma carreta atrapalhando o trânsito. Hoje também teve problema na rua quando eu estava vindo para cá. Será que a Superintendência não vê isso? Fica fechando os olhos para essas coisas?”.

Cansado de pedir a atuação do órgão contra o problema, que é bem antigo, Bililiu disse que a SMT é “câncer maligno”. Avalia que “era um caos” na gestão do advogado Maurício Carvalho, e, agora que mudou a direção (o novo superintendente é o também advogado Euclides Artur) “continua a mesma coisa”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113810 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]