Vereador suspeita de mesma empresa vencer licitações em série para coleta do lixo de Feira de Santana e cobra aumento da frota de ônibus do transporte coletivo

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Alberto Nery: o motivo de somente a empresa Sustentare ganhar o processo de licitação daqui.
Alberto Nery: o motivo de somente a empresa Sustentare ganhar o processo de licitação daqui.

É fato suspeito, para o vereador Alberto Nery (PT), o longo período em que uma mesma empresa vence as licitações, promovidas pela Prefeitura de Feira de Santana, para realizar a coleta de lixo domiciliar no município. Em discurso na Câmara, ele disse que há denúncias de “indicação” e vê a necessidade de esclarecimento em relação a isso: “o motivo de somente a empresa Sustentare ganhar o processo de licitação daqui”.

Nery diz que “há mais de 20 anos todos estão cansados na cidade de ouvir falar em corrupção” nessa área. “Qual é a podridão que existe por debaixo do tapete para que esta empresa ganhe todas as licitações durante tanto tempo?” questiona.

Uma nova licitação está em curso na Prefeitura para o serviço e o vereador observa que, mais uma vez, se levanta dúvidas em relação a atual prestadora. “foram veiculadas notícias de impedimentos da empresa participar”.

“É preciso pelo menos 80%”, diz vereador, sobre frota de ônibus coletivo em serviço

O aumento da frota de ônibus em serviço, anunciado pela Prefeitura a partir desta segunda-feira (31), não resolverá o problema dos usuários, quanto a espera no ponto e superlotação dos veículos, reclama o vereador Alberto Nery (PT). “Rodar 60% dos ônibus representa um número muito insignificante. Essa é a quantidade que as empresas querem que rodem, porque no processo licitatório foi dito que trabalharia com uma frota de 248 veículos.

Só que hoje foi dito que atuaria com 260 veículos, porém realmente tem 220, incluindo os carros-reserva”.  Ainda conforme o petista, o secretário municipal de transportes, Saulo Figueiredo, disse informações inverídicas, porque disse que foi reduzido em mais de 70% o total de passageiros transportados desde março, quando iniciou a pandemia.

Nery diz que a frota disponível está reduzida a apenas 40% “para beneficiar os empresários, oferecendo menos carros à população”. O parlamentar entende que, hoje, é preciso operar com no mínimo 80% da frota na cidade. Por isso, reclama, “ficam reclamando que o Ligeirinho está tomando os passageiros, mas é por falta de organização”.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121648 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.