Vereador diz que Prefeitura de Feira de Santana terá autorização legislativa para ensino de Libras nas escolas municipais e propõe retorno de aulas em faculdades

Cadmiel Pereira: projeto da iniciativa do vereador Cadmiel Pereira (DEM), com objetivo de propiciar a inclusão dos alunos portadores de deficiência auditiva e a socialização destes no ambiente escolar.
Cadmiel Pereira: projeto da iniciativa do vereador Cadmiel Pereira (DEM), com objetivo de propiciar a inclusão dos alunos portadores de deficiência auditiva e a socialização destes no ambiente escolar.

A Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Educação, receberá autorização legislativa, para inserir na grade curricular das escolas da rede pública municipal de ensino, noções básicas da Língua Brasileira de Sinais – Libras.

Projeto da iniciativa do vereador Cadmiel Pereira (DEM), com objetivo de propiciar a inclusão dos alunos portadores de deficiência auditiva e a socialização destes no ambiente escolar, foi aprovado por unanimidade em primeira discussão nesta quarta-feira (16/09/2020) na Câmara, devendo passar pacificamente pela segunda e última votação na próxima semana.

De acordo com a proposta, o Município deverá oferecer todo o material necessário para estimular a aprendizagem. Professores e funcionários das escolas que ainda não possuírem conhecimento e domínio sobre o idioma deverão receber treinamento adequado.

Para colocar a lei em prática, os estabelecimentos poderão requerer, junto aos seus parceiros na sociedade, profissionais qualificados para ministrar aulas, tantos às turmas específicas de professores e funcionários quanto aos alunos.  A disciplina de Libras deverá ser inserida na grade curricular desde a educação infantil até o ensino fundamental, ficando a critério do Município estabelecer carga horária suficiente.

Vereador propõe retorno de faculdades: “onde tem mais gente, sala de pós-graduação ou Feiraguai?”

O próximo Decreto Municipal deve permitir a reabertura de faculdades de graduação e pós-graduação em Feira de Santana, prevê o vereador Cadmiel Pereira (DEM). Ele entende que a população adulta que frequenta essas unidades de ensino superior tem consciência de que precisa se prevenir contra o coronavírus e a importância de utilizar máscara e álcool em gel em sala de aula. “As faculdades precisam retomar as atividades, pois não suportam mais prejuízos”.

Cadmiel comparou faculdades com outros equipamentos em funcionamento, após flexibilização: “Onde tem mais gente, no Feiraguai ou em uma sala de aula de pós-graduação? No Shopping ou numa sala de graduação? O Estado já liberou eventos de até 100 pessoas e porque as faculdades não podem retomar as atividades?” Enquanto vereador, defende que o Executivo deve liberar. “Precisamos pensar no retorno da economia, a cidade tem viabilidade para investimentos de quem busca mão-de-obra qualificada. O que será da população quando terminar esse Auxílio Emergencial?”.

Estágio

Cadmiel Pereira voltou a pedir ao Governo Municipal a prorrogação do prazo de estágio de dois para três anos, em virtude da pandemia da Covid-19 este ano. “Ficaram prejudicados, pois deixaram seus postos em março e ainda não retornaram. Estamos cientes de que as escolas, por exemplo, foram as primeiras a parar e serão as últimas a retornar. Com isso os estudantes perderam esse tempo. Peço ao prefeito que prorrogue por mais um ano o período de estágio”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108903 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]