Salvador: “Mundo Digital: Museus em Transformação” é o tema da 14ª Primavera dos Museus

Itens do projeto 14ª Primavera dos Museus.Itens do projeto 14ª Primavera dos Museus.

De 21 a 27 de setembro acontece em todo o Brasil a 14ª Primavera dos Museus, uma ação do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) que une instituições museológicas em torno de atividades para todos os públicos. O tema definido para a edição de 2020 é “Mundo Digital: Museus em Transformação” e, visto o momento de pandemia causada pelo Covid-19, os museus participarão com atividades em ambiente virtual.

Todos os anos, os equipamentos culturais vinculados ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) participam e, este ano, será excepcionalmente nas redes sociais do Museu de Arte da Bahia (MAB), Palacete das Artes, Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), Centro Cultural Solar Ferrão, Museu Tempostal, Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, Parque Histórico Castro Alves e Museu do Recolhimento dos Humildes.

“Acredito que o tema da Primavera dos Museus deste ano traduz bem o que estamos vivendo e a forma como nossos museus estão se modernizando com a nova realidade do mundo virtual. Nossas atividades passam constantemente por adaptações em relação ao conteúdo e a forma porque sempre estamos atentos aos movimentos da nossa atualidade, mas, com a pandemia, esta transformação está sendo acelerada. Assim, como já estamos trabalhando neste novo formato virtual, nossa participação na Primavera mantém a qualidade e a diversidade de atividades, temas e encontros”, disse o diretor geral do Ipac, João Carlos de Oliveira.

Os museus do IPAC estão, desde o início do isolamento social, desenvolvendo ações em suas redes sociais de forma a manter a divulgação de seus acervos, atividades e informações ligadas ao patrimônio artístico e cultural do Estado. “De forma remota, as equipes continuaram trabalhando na preservação dos acervos, revisão da documentação museológica, planejamento e execução de atividades em ambientes digitais, além da construção de um instrumento legal que norteará as ações dos museus daqui pra frente, como o plano museológico que inclui um projeto de acessibilidade”, completa João Carlos.

Atividades – Na programação da Primavera, os museus do Ipac trarão uma série de lives, oficinas, vídeos, contações de história e exposições virtuais nos seus canais, como site, Facebook e Instagram (veja programação completa abaixo).

No Museu de Arte da Bahia (MAB), o destaque fica por conta do projeto “Pelo Olhar de Fotógrafas Baianas” que leva ao Instagram do museu o trabalho de fotógrafas profissionais como Shirley Stolze, Isabel Gouvea, Margarida Neide e Katia Cerqueira.

O Palacete das Artes vai comemorar com música, palestras, yoga, vídeos, depoimentos e exposição virtual. No dia 22/09, às 16h, o historiador Rafael Dantas faz uma live contando a história do museu, na celebração de 13 anos de atividades. No dia 23, às 16h, o clarinetista Ivan Sacerdote apresenta o projeto “Música para Primavera”, nos jardins do museu, em live que será transmitida pelo Instagram @palacetedasartes. Na quinta (24), nas redes sociais Instagram e Facebook, os coordenadores da “Mostra de Orquídea e Bonsai”, João Frigo e Sergio Bittencourt, darão dicas de cultivo das plantas. A agenda encerra no domingo (27), quando o projeto “Amanhecer com Yoga no Palacete” completa sete anos, em live coordenada por Carla Dantas, no Instagram.

O Museus de Arte Moderna da Bahia (MAM) trará um tour virtual pelas suas áreas internas e externas, e detalhes das exposições “Salvador, do Povo, de Lina e de Todos os Santos” e “Cores, Amores, Recantos… Bahia”, que estavam em cartaz até fevereiro desse ano. O link é http://www.bahiaview360.com.br/mam/.

De forma coletiva, os espaços da Diretoria de Museus (Centro Cultural Solar Ferrão, Museu Tempostal, Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, Parque Histórico Castro Alves e Museu do Recolhimento dos Humildes) lançam a exposição virtual “Um museu na minha casa”, resultado de um convite feito às pessoas para criarem em suas casas um museu com objetos que representassem sua identidade. No Instagram e Facebook @museusdabahia e blog dimusbahia.wordpress.com.

Outra exposição “Ibejis: o gêmeo na Coleção Claudio Masella” também estará acessível pelas redes sociais da Dimus depois da live de mesmo nome que acontece em 21/09, às 16h, com Antônio Luiz Figueiredo (turismólogo e estudioso dos assuntos ligados à cultura africana).

O Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica promove em 24/09, às 17h, a live “A documentação dos cadernos de encomenda do ceramista Udo Knoff: tecnologias digitais aplicadas à preservação de acervos”, com Eliana Ursine da Cunha Mello, doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da UFBA. E, em 26/09, às 15h, a live “Acessibilidade: cultura e arte no meio virtual”, com Iracema Vilaronga e Juniro Almeida – integrantes da Acessu: Acessibilidade Universal.

O Museu Tempostal, em 27/09, às 10h, promove uma live especial onde Helena Nascimento (pedagoga especialista em estudos étnicos e raciais do projeto de contação de história “O que tem atrás da porta?”) vai contar a história do museu em versão lúdica.

Os museus no interior do estado seguem a mesma programação. O Parque Histórico Castro Alves (Cabaceiras do Paraguaçu/BA) disponibiliza nas redes sociais vídeos com contação de história, como “O patinho feio”, de Hans Christian Andersen; teatro de fantoches “A turminha do IPAC em uma visita virtual ao Parque Histórico Castro Alves”; e oficina com materiais recicláveis através da contação da história “Tonho ô Elefante”, de Grumepa. O Museu do Recolhimento dos Humildes (Santo Amaro/BA) promove em 22/09, às 16h, a live “Tradição e cultura de Santo Amaro – o samba nasceu aqui!”, com Maria Mutti (professora, bacharel em artes pela UFBA).

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]