Projeto de desenvolvimento rural da Bahia é referência para Angola

Representantes do Governo da Bahia estiveram reunidos com gestores do Governo de Angola em um intercâmbio virtual.
Representantes do Governo da Bahia estiveram reunidos com gestores do Governo de Angola em um intercâmbio virtual.

O Bahia Produtiva vem se consolidando como referência em projeto de desenvolvimento rural em todo o mundo. Desta vez, representantes de Angola puderam conhecer as estratégias e o trabalho que vem sendo realizado em toda a Bahia, beneficiando 41.638 famílias de agricultores familiares.

Durante dois dias, representantes do Governo do Estado estiveram reunidos com gestores do Governo de Angola em um intercâmbio virtual, quando foram apresentadas as metodologias utilizadas pelo projeto, a exemplo da criação de áreas específicas como Monitoramento e Avaliação do Projeto, Assistência Técnica e Extensão Rural e Ação de Segurança Alimentar, Inteligência de Mercado e da Comunicação.

O Bahia Produtiva é executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). Em Angola, está sendo desenvolvido o Projeto de Desenvolvimento da Agricultura Comercial (PDAC), do Ministério da Agricultura e Pesca (Minagrip). Ambos contam com o cofinanciamento do Banco Mundial.

O diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, destacou que o Bahia Produtiva tem o grande desafio de implementar projetos tecnicamente e economicamente viáveis: “Procuramos um caminho que começa na manifestação de interesse por meio dos editais. Com isso, já dá a possibilidade de a comunidade interagir e mostrar que aquele projeto é viável. Para que o investimento seja consumado, analisamos, fazemos um plano de custeio, vemos o que o projeto precisa para ter um retorno financeiro, se tem sustentabilidade. Temos assim organizações bem estruturadas, com capacidade de se sustentar, e isso se deve a todos esses pontos que asseguram a viabilidade”.

A gerente do projeto PDAC e especialista Sênior em Desenvolvimento Rural do Banco do Mundial, Izabela Leão, avaliou o Bahia Produtiva como projeto que vem aplicando recursos de forma efetiva: “Nesse tipo de projeto, o Bahia Produtiva é o melhor projeto que eu já vi. Temos projetos semelhantes, mas o Bahia Produtiva é completo nas suas atividades, componentes e no capital humano, no compromisso pessoal e profissional com a agricultura familiar do Brasil”.

O coordenador do projeto PDAC, Pedro Dozi, se mostrou empolgado em replicar a experiência em Angola: “Foi muito importante termos contato com um projeto que já teve grandes avanços. A Bahia está realizando um projeto similar, mas como várias iniciativas peculiares. Com certeza teremos um contato permanente para aprender e executar melhor nosso projeto. Esse intercâmbio nos abriu os horizontes. Agradecemos ao Governo da Bahia pela disponibilidade em compartilhar a experiência”.

O Bahia Produtiva já investiu em R$540,7 milhões, em 1254 projetos com ações nos 27 Territórios de Identidade do estado voltadas para integrar a produção às agroindústrias, assim como para agregação de valor e acesso aos mercados. Entre os objetivos do projeto estão a inclusão produtiva e o acesso a mercados, segurança alimentar e nutricional, melhoria do acesso ao serviço de abastecimento de água e saneamento, infraestrutura básica necessária para apoiar a produção e a comercialização, entre outros.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111081 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]