Mortes violentas em queda de 9,7% no segundo semestre de 2020 na Bahia

Nos meses de julho e agosto de 2020, foram contabilizados 727 casos, contra 805 no mesmo período de 2019, na Bahia.Nos meses de julho e agosto de 2020, foram contabilizados 727 casos, contra 805 no mesmo período de 2019, na Bahia.

As mortes violentas (homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte) registraram queda de 9,7%, no segundo semestre de 2020, na Bahia. Nos meses de julho e agosto de 2020, foram contabilizados 727 casos, contra 805 no mesmo período de 2019.

Separando por macrorregiões, na capital baiana, a polícia registrou 148 mortes em 2020, contra 156, no ano passado. Nas treze cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS), aconteceram 83 casos, este ano, enquanto em 2019, foram computados 108.

Fechando os dados, nas 403 cidades do interior da Bahia ocorreram 496 mortes violentas, em 2020, contra 541 registros no ano de 2019.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).