Mater Dei deve ser transformado em Hospital Municipal de Feira de Santana permanente, pós-pandemia da Covid-19, diz vereador

Luiz Ferreira (Luiz da Feira): às vezes, as pessoas querem fazer cirurgia de hérnia ou de cisto, por exemplo, e não têm um hospital municipal para procurar; precisam sair daqui para ir para outra cidade.
Luiz Ferreira (Luiz da Feira): às vezes, as pessoas querem fazer cirurgia de hérnia ou de cisto, por exemplo, e não têm um hospital municipal para procurar; precisam sair daqui para ir para outra cidade.

A Mater Dei deveria virar hospital municipal permanente, após cumprir o período em que funciona como uma unidade de atendimento a pacientes do coronavírus em Feira de Santana. A sugestão vem sendo reiterada por vereadores de diversos partidos e, nesta segunda-feira (31/08/2020), foi reforçada por Luiz Ferreira Dias (Luiz da Feira, PROS). “Às vezes, as pessoas querem fazer cirurgia de hérnia ou de cisto, por exemplo, e não têm um hospital municipal para procurar; precisam sair daqui para ir para outra cidade”.

Ele considera “uma vergonha” para a segunda maior cidade do Estado da Bahia não contar com um hospital municipal de atendimento geral (a Prefeitura conta com o Hospital Inácia Pinto dos Santos, especializado em partos).  “Muitas vezes a pessoa chega para mim e pede um transporte para ir para uma cidade se submeter a um procedimento, porque aqui em Feira não faz.

Então, peço ao prefeito que, pós-pandemia do coronavírus, construa um hospital municipal, pois será um presente para Feira de Santana”, diz o vereador. Em sua opinião, a saúde no país focou apenas no coronavírus, “mas têm muitos pais e mães de família que não estão tendo atendimento adequado para diabetes, AVC e chikungunya, por exemplo”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110024 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]