Consórcio Nordeste é um marco para gestão pública, avalia governador Rui Costa após nova eleição

Reunião de membros Consórcio Nordeste, presidida pelo governador Rui Costa, em 21 de agosto de 2019.Reunião de membros Consórcio Nordeste, presidida pelo governador Rui Costa, em 21 de agosto de 2019.

Primeiro presidente do Consórcio Nordeste, o governador da Bahia, Rui Costa, encerra a gestão em dezembro deste ano e deixa como legado a economia proporcionada por compras coletivas e a busca por novos investimentos estrangeiros. Entre as conquistas do grupo formado pelos nove estados nordestinos, destacam-se as missões internacionais e a compra coletiva para abastecer farmácias de hospitais, ambulatórios e postos de saúde públicos, que gerou uma economia de quase R$ 50 milhões.

“Os estados da nossa região têm dificuldades em comum, principalmente orçamentárias, que o Consórcio Nordeste conseguiu transformar em oportunidades, seja no saneamento, no turismo, na infraestrutura, na energia, no meio ambiente, na saúde. A união, realmente, tem nos dado força em prol dos mais de 57 milhões de nordestinos para os quais trabalhamos com afinco, com ganhos a curto, médio e longo prazo. A criação do Consórcio é um marco na gestão pública de todo o Nordeste”, avalia o governador.

Além da formalização do consórcio, realização dos primeiros fóruns, da compra conjunta na área da saúde e articulação em bloco para defesa do Nordeste junto ao governo federal, o consórcio, com Rui Costa na gestão, abriu negociações para oportunidades de acordos comerciais e parcerias com países europeus. Em novembro do ano passado, Rui Costa liderou a missão internacional na Europa, apresentando o Consórcio Nordeste e oportunidades para representantes governamentais e potenciais investidores na França, Itália e Alemanha. No combate ao coronavírus, formou também o Comitê Científico, coordenado pelo cientista Miguel Nicolelis, para auxiliar os estados no enfrentamento à pandemia.

Quem assume a presidência pelo próximo biênio é o governador do Piauí, Wellington Dias, conforme votação online realizada na manhã desta segunda-feira (28) entre os nove governadores.

“É uma grande responsabilidade assumir a presidência do Consórcio Nordeste, após um trabalho extraordinário, dedicado e destacado do governador Rui Costa, que fez o Consórcio ganhar respeito no país e no mundo como grande modelo de inovação nas políticas públicas”, comentou Wellington Dias.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]