Brasil ultrapassa marca de 130 mil mortos por Covid-19

4.282.164 casos da Covid-19 foram registrados no Brasil, nesta sexta-feira (11/09/2020).4.282.164 casos da Covid-19 foram registrados no Brasil, nesta sexta-feira (11/09/2020). País registra 874 óbitos ligados à doença em 24 horas, elevando o total para 130.396, segundo autoridades de saúde. Mais de 43 mil novos casos são contabilizados. Total de infectados passa de 4,2 milhões.

O Brasil ultrapassou nesta sexta-feira (11/09/2020) a marca de 130 mil mortes causadas pela covid-19. O país registrou 874 óbitos ligados à doença nas últimas 24 horas, elevando o total para 130.396, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass) e pelo Ministério da Saúde.

Foram ainda confirmados 43.718 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Os novos registros elevam o total de infectados para 4.282.164.

Ao todo, 3.530.655 pessoas se recuperaram da doença, e 621.113 estão em acompanhamento, segundo o ministério. O Conass não divulga número de recuperados.

Diversas autoridades e instituições de saúde já alertaram que os números reais de casos e mortes devem ser ainda maiores, em razão da falta de testagem em larga escala e da subnotificação.

São Paulo é o estado brasileiro mais atingido pela epidemia, com 882.809 casos e 32.338 mortes. O total de infectados no território paulista supera os registrados em praticamente todos os países do mundo, exceto Estados Unidos (6,43 milhões), Índia (4,56 milhões) e Rússia (1,04 milhão). Ou seja, se São Paulo fosse um país, seria o quinto mais afetado.

A Bahia é o segundo estado brasileiro com maior número de casos, somando 279.509, seguida de Minas Gerais (246.149), Rio de Janeiro (240.453) e Ceará (225.878).

Já em número de mortos, o Rio é o segundo estado com mais vítimas, somando 16.883 óbitos. Em seguida vêm Ceará (8.666), Pernambuco (7.817), Pará (6.299), Minas Gerais (6.114) e Bahia (5.866).

A taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes subiu para 62,0 no Brasil – cifra bem acima da registrada em países vizinhos como Argentina (24,51) e Uruguai (1,30). O número brasileiro também supera o dos Estados Unidos, o país mais atingido do mundo, que tem taxa de mortalidade de 58,61.

O Brasil se aproxima de nações europeias duramente atingidas, como o Reino Unido (62,71) e a Espanha (63,456), cujas taxas praticamente se estabilizaram nos últimos meses. O Brasil é atualmente o oitavo país do mundo em relação à taxa de mortalidade pela doença.

Em números absolutos, o Brasil é o terceiro país do mundo com mais infecções, atrás apenas dos Estados Unidos, que somam 6,43 milhões de casos, e da Índia, com 4,56 milhões. Mas é o segundo em número de mortos, depois dos EUA, onde mais de 192 mil pessoas morreram pela covid-19.

A Índia, que chegou a impor uma das maiores quarentenas do mundo no início da pandemia e depois flexibilizou as restrições, é a terceira nação com mais mortos, somando 76,27 mil óbitos.

Ao todo, o mundo já registrou mais de 28,2 milhões de casos, enquanto mais de 911 mil morreram em decorrência da covid-19.

*Com informações do DW.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]