Ambulantes aderem à carência de oito meses no Centro Comercial Popular de Feira de Santana

Ambulantes cadastrados para o Centro Comercial Popular assinam aditivo ao contrato de mais cinco meses de carência no pagamento do aluguel.
Ambulantes cadastrados para o Centro Comercial Popular assinam aditivo ao contrato de mais cinco meses de carência no pagamento do aluguel.

Ambulantes cadastrados para o Centro Comercial Popular têm ido ao equipamento para assinar o aditivo ao contrato de mais cinco meses de carência no pagamento do aluguel e também a retirada da palavra “lacre” do documento inicial para os inadimplentes com mais de 60 dias.

Os benefícios estão sendo oferecidos pelo Governo Municipal e o Consórcio responsável pelo empreendimento, acatando reivindicação da Associação dos Ambulantes e do Sindicato dos Camelôs de Feira de Santana. Com esse aditivo, eles passam a ter oito meses de carência para iniciar o pagamento do aluguel.

O secretário do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETTDEC), Antônio Carlos Borges Júnior, informa que os ambulantes também estão assinando o termo de anuência de retirada das barracas para ter direito aos oito meses de carência. “Estão atendendo a data limite do Decreto Municipal de 8 de setembro”, disse.

Para facilitar a regularização dos contratos dos camelôs, a SETTDEC disponibilizou uma equipe para orientar quem tem dúvidas ou que ainda não assinou o contrato por ter alguma pendência no box.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109840 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]