Vereadora diz que hospitais de Feira de Santana só informam estado de pacientes de Covid-19, a familiares, duas vezes na semana

Aldney Bastos (Neinha): é preciso que uma equipe ligue diariamente e dê os resultados do tratamento.
Aldney Bastos (Neinha): é preciso que uma equipe ligue diariamente e dê os resultados do tratamento.

As unidades hospitalares que assistem a pacientes internados para tratamento de coronavírus, em Feira de Santana, estão limitando boletins médicos a dois por semana, causando sérios transtornos aos familiares dos doentes. A reclamação está sendo feita pela vereadora Aldney Bastos (Neinha, DEM).

Na Tribuna da Câmara, nesta segunda-feira (17/08/2020), ela disse que a família tem o direito de receber pareceres diários com a evolução do paciente. Assistente social por formação, Neinha observa que já existe proibição de acompanhantes ou visitas nos hospitais, para preservar a saúde de todos os profissionais da linha de frente e dos próprios pacientes e seus familiares. “É preciso que uma equipe ligue diariamente e dê os resultados do tratamento”.

A vereadora considera o assistente social, nos hospitais “a única fonte de informação para a família” neste momento. E faz um apelo a esses profissionais: “eu gostaria de chamar atenção dos colegas que estão atuando no Hospital de Campanha do município e do Clériston Andrade 2 para que se doem mais, se coloquem no lugar de uma filha que tem a mãe internada em uma unidade para tratamento da Covid-19. Você sabe qual é a evolução do paciente, mas, se não passar esta informação, deixará alguém aflito”.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108671 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]