Vereador diz que Igrejas de Feira de Santana devem ser liberadas para celebrações com mais de 50 pessoas

Edvaldo Lima: nós precisamos que todos os templos evangélicos deste município sejam abertos aos fiéis para as suas celebrações.
Edvaldo Lima: nós precisamos que todos os templos evangélicos deste município sejam abertos aos fiéis para as suas celebrações.

A abertura de templos religiosos, sem restrições, está sendo defendida pelo vereador Edvaldo Lima (MDB). Ele apresentou requerimento na Câmara Municipal, com a proposta de permissão dos eventos e atividades religiosas sem o limite de 50 pessoas determinado em decreto do governador Rui Costa.

“Nós precisamos que todos os templos evangélicos deste município sejam abertos aos fiéis para as suas celebrações. Nós não podemos ficar reféns da pandemia o tempo todo”, advertiu o vereador, ao justificar o requerimento, na Casa da Cidadania.

O parlamentar lembrou que, apesar da retomada de diversos segmentos em Feira de Santana, com a flexibilização do funcionamento das atividades econômicas no município, o decreto Nº 19.529 de 16/03/2020, assinado pelo governador da Bahia, ainda está em vigor. Desta forma, estão suspensos os eventos e atividades com a presença de público superior a 50 pessoas, incluindo os cultos em templos religiosos.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112810 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]