Juiz do Paraguai concede liberdade a Ronaldinho Gaúcho após 5 meses

Futebolista Ronaldinho Gaúcho.
Futebolista Ronaldinho Gaúcho.

A Justiça do Paraguai concedeu liberdade nesta segunda-feira (24/08/2020) a Ronaldinho Gaúcho, que estava em prisão domiciliar, e o ex-jogador da seleção brasileira poderá retornar ao Brasil após cinco meses de privação da liberdade no país vizinho por tentar ingressar com um passaporte adulterado.

O juiz Gustavo Amarilla aceitou uma “suspensão condicional” das acusações contra o ex-jogador, concordando com solicitação apresentada pela procuradoria no início do mês.

Roberto de Assis Moreira, irmão e empresário de Ronaldinho, recebeu uma condenação de 2 anos em suspenso, e ambos poderão deixar o Paraguai sob determinadas condições.

*Com informações de Daniela Desantis, da agência Reuters.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114872 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.