Eleições 2020: Ex-deputado Fernando de Fabinho para vice-prefeito de Colbert Martins em chapa majoritária para prefeito de Feira de Santana agrega grupo

Ex-deputado Fernando de Fabinho reúne as melhores qualidades para concorrer como vice-prefeito, em chapa liderada pelo prefeito Colbert Martins Filho (MDB) nas eleições municipais de 2020, em Feira de Santana.
Ex-deputado Fernando de Fabinho reúne as melhores qualidades para concorrer como vice-prefeito, em chapa liderada pelo prefeito Colbert Martins Filho (MDB) nas eleições municipais de 2020, em Feira de Santana.

Às 19 horas, desta quarta-feira (26/08/2020), através de ‘Live’ transmitida pelas redes sociais da internet, o ex-prefeito José Ronaldo (DEM), principal liderança política de direita de Feira de Santana, vai anunciar o nome do Democratas que concorre como vice-prefeito em chapa liderada pelo prefeito Colbert Martins Filho (MDB) nas eleições de 2020.

Três nomes disputam a escolha de José Ronaldo como candidato à vice-prefeito, na chapa liderada por Colbert Martins, o ex-deputado federal Fernando de Fabinho, Justiniano França, vereador licenciado e ex-secretário municipal, e José Francisco (Zé Chico) ex-suplente de senador e ex-suplente de deputado federal.

Dentre os nomes, o que mais agrega forças políticas e gera menor discordância é o do ex-deputado federal Luiz Fernando de Fabinho Araújo Lima, revelaram fontes do Jornal Grande Bahia (JGB).

Início no setor privado

Integrante de uma família de comerciantes, Fernando de Fabinho é formado em administração de empresas pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) em 1992. Antes de ingressar na política, ele atuou como destacado empresário em Santa Bárbara, através do Supermercados Ideal e em Feira de Santana, fundando, na década de 1980, a Rede de Farmácias Plantão. Dentre as inovações comerciais que introduziu estavam o serviço 24 horas e entrega domiciliar (delivery).

Ele, também, foi membro do conselho diretor da Associação Comercial de Feira de Santana e delegado do Sindicato dos Radialistas do mesmo local, cargo que ocupou nos anos de 1996 a 1998.

Ingresso na política

Com o sucesso empresarial da década de 1980, foi convidado à ingressar na política pelas forças conservadores do Magalhismo, lideradas na região por José Ronaldo. A parceria com o líder local do Democratas evoluiu ao ponto de se tornarem compadres.

Na primeira disputa em que concorreu, Fernando de Fabinho foi eleito prefeito de Santa Bárbara pelo PTB, exercendo mandato de 1993 a 1996.

Na sequência, concorreu ao mandato de deputado estadual, em vaga deixada por José Ronaldo, sendo eleito para o mandato de 1999 a 2003. Ele concorreu em mais dois pleitos como deputado federal pelo PFL, atual Democratas, exercendo mandatos de 2003 a 2007 e de 2007 a 2011.

Em todas as vitórias para o legislativo, esteve entre os 10 mais votados no estado. Ele, também, atuou como radialista, no período em que exerceu mandato parlamentar.

Liderança carismática

A personalidade carismática, associada a capacidade de liderar pelo consentimento que resulta do diálogo foram marcas que ele deixou como mandatário. Cuja influência política foi decisiva em dezenas de pleitos eleitorais municipais ocorridos na região sisaleira da Bahia.

Com a reeleição, em 2010, de Jaques Wagner (PT) ao governo da Bahia e a eleição, em 2010 de Dilma Rousseff (PT), Fernando de Fabinho deixa de disputar mandato eleitoral, mas permanece ativo nas eleições municipais de Feira de Santana, apoiado nomes do grupo de liderados por José Ronaldo.

Ao deixar os mandatos eletivos, ele volta a se empenhar no setor privado, dirigindo negócios nos segmentos de combustíveis, hotelaria e construção civil.

O mais preparado

Dentre os três nomes que disputam a escolha de José Ronaldo para vice-prefeito pelo Democratas, Fernando de Fabinho é o que melhor reúne as qualidades como político, empresário e membro da comunidade, em decorrência do conjunto de êxitos que obteve ao longo da trajetória de vida e pelo perfil conciliatório e empreendedor.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9743 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).