Feira de Santana registrou ganho de empregos formais em junho, mas fecha 1º semestre de 2020 com saldo negativo

Junho foi o segundo mês no semestre que a diferença entre empregados e desempregados se apresentou positiva em Feira de Santana.
Junho foi o segundo mês no semestre que a diferença entre empregados e desempregados se apresentou positiva em Feira de Santana.

Junho foi o segundo mês no semestre que a diferença entre empregados e desempregados se apresentou positiva em Feira de Santana. O saldo foi de 35 postos de trabalhos com carteira assinada. O outro mês foi janeiro com 73 vagas.

Entretanto, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) apresentou que o saldo foi negativo no primeiro semestre com o fechamento de 4.195 postos de empregos formais – foram contratadas 13.487 pessoas e demitidas 17.682.

As demissões estão relacionadas ao agravamento da pandemia da Covid-19, principalmente nos meses de março (saldo negativo de 473 vagas), abril (2.429) e em maio (1.360). No trimestre da pandemia, 4.267 vagas de empregos foram fechadas.

O pico do fechamento de postos de empregos foi em abril, maior em 500% ao registrado em março. Mas em maio o percentual de perda foi 56% menor em relação ao mês anterior.

O saldo positivo em junho não sinaliza que novos postos de empregos formais em Feira de Santana serão maiores do que as demissões nos próximos meses – crescimento está condicionado a várias variáveis. Mas confirma a tradição local das contratações realizadas neste mês.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108728 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]